Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Conjuração Lunar - parte 4
Caliel Alves dos Santos

Resumo:
O homem chega a Luna e começa sua investigação sobre a conjuração sobre Luna.

Depois de fechar a torneira da pia, ele se olhou no espelho, a barba por fazer tinha dado lugar a um queixo duplo. Ele girou a aliança de ouro no dedo esquerdo. Na pia, um esto-jo com lentes de contato estava aberto. Olhando fixamente no espelho, ele piscou repe-tidamente. O cabelo curto bem rente, dava a sensação de que era careca, mas seu cabelo era crespo e cheio na realidade. No ombro a tatuagem denunciava seu passado, fuzileiro naval. Agora era agente da Unidade Tática Especial anexada as Forças de Paz da ONU, seu objetivo ali era matar o líder da Conjuração Lunar, Leopold von Cristophe, conheci-do pelo epíteto de Grande Líder, e o patrono daquela revolta, ainda com identidade ignorada.
    O ambiente era hostil, o agente infiltrado havia sido pego, e provavelmente havia de-nunciado a missão de execução, pois seu biossinalizador deixara de emitir qualquer fre-quência. Ali em Luna, ele estava só. Nenhuma comunicação li-fi seria possível com a central da UTE, pois o Esquadrão Cybertático não havia conseguido criar uma conexão ou dispositivo que possibilitasse uma comunicação segura com o QG que não fosse pega pelo poderoso sistema de comunicação lunar.
     Toc-toc, bateram à porta do quarto. Rapidamente o agente foi até a beira da cama e sacou uma pistola .50AE. Deslizando pelo quarto com os pés descalços ele foi até a por-ta, pelo olho-mágico ele viu apenas um jovem indiano com uniforme do hotel e com um carrinho trazendo um jantar. De modo sorridente, o jovem pedia permissão para entrar com um sotaque arrastado.
    Acalme-se Tobias... é apenas um funcionário do hotel, pensou o agente.
    — Sr. Rodriguez, serviço de quarto hã, estou a trazer o jantar.
    Tobias pousou a pistola no quadril, entre a cueca e sua calça, depois abriu a porta, sem se desprender de sua arma. O rapaz entrou, e foi trazendo o carrinho até a beira da cama.
    — O que temos para o jantar? — perguntou o agente ficou mais confortável.
    — Hoje é um prato especial Sr. Rodriguez — disse o funcionário destampando a tra-vessa de aço inox —, espião picadinho.
    A facada foi mais rápida que o disparo. A lâmina ficara cravada no seu antebraço di-reito. A pistola caiu no chão e deslizou para longe. A porta fechada impossibilitou qual-quer pedido de ajuda. Servindo-se dos músculos, Tobias entrou em luta corporal com seu oponente, que se mostrou muito ágil. A dor no braço latejava, o sangue vertia pelo chão. Os golpes trocados o colocavam numa situação de extremo perigo.
    Um soco desferido pelo indiano passou raspando pelo seu cotovelo, essa foi a deixa. Aproveitando-se da guarda baixa do outro, Tobias dobrou o braço do adversário e var-reu o as pernas dele. Ambos desabaram. O assassino tentou pegar a faca e retirá-la do braço do militar, mas com um sossega-leão bem aplicado, em poucos segundos o outro dormia.


Biografia:
Comecou a escrever depois de um concurso em sala de aula. Dois anos depois ele publicou seu primeiro livro.
Número de vezes que este texto foi lido: 28745


Outros títulos do mesmo autor

Artigos Nota de Repúdio ao Felipe Cereda Caliel Alves dos Santos
Resenhas Guia Politicamente Incorreto da Terra Plana Caliel Alves dos Santos
Artigos As idiossincrasias do mercado de quadrinhos nacional Caliel Alves dos Santos
Artigos O coach como vendedor de mentiras Caliel Alves dos Santos
Poesias Poesia marxista Caliel Alves dos Santos
Resenhas O livro dos escritores olimpianos Caliel Alves dos Santos
Contos Preview: Distante do Céu Caliel Alves dos Santos
Releases ACID+NEON VOL.2 Caliel Alves dos Santos
Resenhas Um estrangeiro no pedaço Caliel Alves dos Santos
Resenhas Pelo signo do ódio morrerás Caliel Alves dos Santos

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 95.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66283 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55171 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43713 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43336 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 42955 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40877 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 39848 Visitas
Amores! - 38259 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 37812 Visitas
Desabafo - 37505 Visitas

Páginas: Próxima Última