Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Os Dias
Luiz Edmundo Alves

nem rima cômica
nem palavra pura
: o que me interessa é
esse doce e austero
barulho dos dias se
agrupando na memória.
um
por
um,
com seus momentos,
seus minutos,
décimos de segundo.
os dias enormes, exuberantes.
os dias reles, irrelevantes
entupidos de tédio, tropeços
atrasos, filas.
mas
os dias
se agrupando
na memória, têm um sabor
tão próprio
tão musical e cíclico que
até a morte parece
branca e risível.



Número de vezes que este texto foi lido: 34242


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Fotogramas de Agosto Luiz Edmundo Alves
Artigos Namorados Luiz Edmundo Alves
Poesias Os Dias Luiz Edmundo Alves
Poesias Insônia Luiz Edmundo Alves


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 75788 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 61801 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50169 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 49963 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49507 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49146 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 48880 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48730 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48685 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48156 Visitas

Páginas: Próxima Última