Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
AGITANDO A SUA CAPA AMARELA
Caliel Alves dos Santos

Poucos são os livros que conseguem trazer uma sensação de maravilha-mento, um sentimento de arrebatamento tão grande que te faça ir a outro mun-do, atravessar as fronteiras do onírico e não mais estar ligado às leis desse mundo. É esse o sentimento de alguém que lê o livro O Rei de Amarelo.
    O autor Robert William Chambers (1865-1933), escreveu um livro de dez contos, nos quais os quatro primeiros fazem referências a uma peça de teatro chamada O Rei de Amarelo. A dramaturgia traz uma descrição, ou uma possí-vel revelação tão grande no segundo ato, que os seus desavisados leitores enlouquecem. Durante todo o livro, citações aparecem aqui e ali.
    O livro é recortado entre a realidade e a loucura, o sonho e o pesadelo, no qual os personagens não sabem mais distinguir o que é real ou imaginário. Isso pode ser visto no conto que abre o livro como O Reparador de Reputações, ou o esquizofrênico No Pátio do Dragão.
    Mesmo nos contos considerados “realistas” é impossível esclarecer qual a verdadeira relação entre os contos, como a Rua da Primeira Bomba e Rue Barrée. Cenários e personagens vem e vão com a mesma fluidez em que de-saparecem na intempestiva linha dos acontecimentos.
    Com certeza o conto mais enigmático do livro, talvez uma mensagem subli-minar da própria peça, é o a prosa poética de O Paraíso do Profeta. O certo seria dizer que a carga simbolista do livro é muito maior do que a do decaden-tismo, embora muita da inspiração do livro tenha vindo dos decadentes.
    É uma obra que vale não apenas ser lida, mas estudada, analisada e revis-tada quantas vezes forem necessárias. Mas não tente compreender ou ligar as histórias, pois elas fazem parte de um universo próprio que só o autor conse-guiria entender. E é bom que permaneça assim.
    Para quem gosta de fix-up, ficção científica, terror e fantasia é um prato cheio. Outro livro do autor que tem os mesmos elementos que esse livro é The Mistery of Choice.
     Mas o certo seria visar ao leitor de antemão, se vires um livro de capa ama-rela... Pode ler, pois o rei vigia das torres de Carcossa.


Biografia:
Caliel Alves nasceu em Araçás/BA. Desde jovem se aventurou no mundo dos quadrinhos e mangás. Adora animes e coleciona quadrinhos nacionais de autores independentes. Começou escrevendo poemas e crônicas no Ensino Médio. Já escreveu contos, noveletas, resenhas e artigos publicados em plataformas na internet e em algumas revistas literárias. Desde 2019 vem participando de várias antologias como Leyendas mexicanas (Dark Books) e Insólito (Cavalo Café). Publicou o livro de poemas Poesias crocantes em e-book na Amazon.
Número de vezes que este texto foi lido: 54819


Outros títulos do mesmo autor

Resenhas Poetize a vida Caliel Alves dos Santos
Artigos O Brasil não é hexa, mas Lula é tri! Caliel Alves dos Santos
Artigos O romper das cordas Caliel Alves dos Santos
Resenhas Mirar na lua acima das estrelas Caliel Alves dos Santos
Artigos Representação política como parâmetro da divisão do Brasil Caliel Alves dos Santos
Artigos O que é dívida histórica? Caliel Alves dos Santos
Resenhas Iraci Gama: intérprete de Alagoinhas Caliel Alves dos Santos
Ensaios Militares como fator de risco a democracia Caliel Alves dos Santos
Resenhas A cidade em palavrório Caliel Alves dos Santos
Resenhas A poética feminina Caliel Alves dos Santos

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 139.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
AÇÃO DE REPARAÇAO CIVIL EX-DELICTO - francisco carlos de aguiar neto 54887 Visitas
O vovô e a vovó - Helena Regina Santarelli M. de Campos 54843 Visitas
Cata-ventos - Joseph Shafan 54843 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 54842 Visitas
A LENDA DOS SETE MARES - Saulo Piva Romero 54841 Visitas
Pilatos e a imparcialidade - Patrícia 54840 Visitas
Moinhos - Joseph Shafan 54840 Visitas
Como pode? - micro conto - Joseph Shafan 54839 Visitas
Post Mortem - Europa Sanzio 54838 Visitas
Canto da Lira - Joseph Shafan 54838 Visitas

Páginas: Próxima Última