Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Coragem!
Willians de Matos Flores

Acho que é agora, não tem outra! Agora agora! Acho bom ficar nessa posição aqui, não, assim, isso… Pode parecer forçado. Então vou ficar mais assim, natural, meio assim, a mão aqui, peito aberto, um toquezinho mais sensual no olhar. Não, pode parecer cara de susto, sou bem mais assutado que sensual. Ri disso, que horror. Alá! Vem vindo, relaxa, respira, finge que tá pensando em alguma coisa. Precisa pensar num pensamento, rápido! Rápido! Aí num tá vindo Deus… Oi! Tudo bem sim, e você, como está? Como assim o que eu tenho? Tenho nada não… É a brecha, eu posso piscar o olho e dizer, mas gostaria de ter você! Não. Se eu já o que? Não entendi sua pergunta, desculpa, tava pensando no… Nos teus olhos, fala isso, nos teus olhos. Tava pensando num filme. Cinema comigo? Ah… Natural, natural, natural, natural. Pode ser, vamos sim! Nossa… Sessão das 22:30h?, ah sem problemas, minha mãe nem liga. Tô fudido. Te pego, ops, te busco lá às 21h, ok? Mas será que ela vai pagar ou vou ter que bancar a bonita também? Ai, mas to sem dinheiro nenhum. Pois é, nem se ela me convidasse de verdade, rolaria. Só passou e deu tchau, que ingrata… Tá voltando! Natural, natural natural! Ah, só esqueceu da mochila. E de mim.


Biografia:
Assim que sou ingerido pelo organismo poético do outro, vou causando nele meus sintomas, uma vertigem passageira nos olhos, um eco profundo no peito, e um grito que se esvai sem gritar. Porque escrever é quietar-se e quietar ao outro. FACEBOOK: https://www.facebook.com/willians.matos
Número de vezes que este texto foi lido: 54834


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Filhos do Mar Willians de Matos Flores
Crônicas A morte do Assunto Willians de Matos Flores
Crônicas Coragem! Willians de Matos Flores
Cartas Carta de Um Lembrador Willians de Matos Flores
Poesias Do Vício de Se Continuar Sendo o que Não se é Mais Willians de Matos Flores
Contos Todo Mundo Precisa Ir Embora Uma Vez na Vida Willians de Matos Flores
Crônicas A Pedra Não Dita Willians de Matos Flores
Contos A História que Teve um Filho Willians de Matos Flores
Contos Iara, e o Risco de Não Vivermos Uma História Inteira Willians de Matos Flores
Crônicas Do Dia Em Que Morri Willians de Matos Flores

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 13.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Minicurso sobre a redação no ENEM - Isadora Welzel 79736 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 59549 Visitas
Salvando computador muito ruim - Vander Roberto 55635 Visitas
81 anos da prisão e morte dos Rosas Brancas - Vander Roberto 55456 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 55378 Visitas
QUE SE... - orivaldo grandizoli 55375 Visitas
Lançamento do livro - Alberto Kopittke 55357 Visitas
Nua, totalmente indefesa - rodrigo ribeiro 55309 Visitas
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55293 Visitas
O estranho morador da casa 7 - Condorcet Aranha 55279 Visitas

Páginas: Próxima Última