Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A descoberta da Terra
DIRCEU DETROZ

Num momento em que instigados por ideologias a seita dos que negam a ciência tem ganho milhares de novos adeptos. Em que assistimos os terraplanistas saírem das suas cavernas primitivas e se incorporarem a esta seita, se comemora os 500 anos do início da expedição do navegador português Fernando de Magalhães.

A viagem de Fernando Magalhães é considerada um dos maiores acontecimentos da humanidade. Alguns historiadores dizem ser maior do que a chegada do homem à Lua. Magalhães não apenas contornou o planeta por mar pela primeira vez. Mais do que provar ser redonda, o português teria feito a “descoberta da Terra”.

Para nós que hoje usamos o GPS até para ir a próxima esquina, é impossível imaginar a coragem daqueles homens aventureiros. Eles não viajavam em modernos e confortáveis transatlânticos. Enfrentavam tempestades, fome, sede, calor, frio e doenças. Havia naufrágios batalhas e motins. A punição aos rebeldes era o esquartejamento.

O jornal A Folha de São Paulo do domingo passado trouxe uma excelente reportagem sobre a viagem de Fernando Magalhães. Diria ser bem mais do que uma reportagem jornalística. É uma autêntica aula tanto de história quanto de geografia. Dessas que os livros escolares não se propõem a contar. Então, vale a pena procurá-la e lê-la

A frota de Fernando Magalhães composta por cinco naus e 243 homens partiu da Espanha em 20 de setembro de 1519. Dois dias após o Natal daquele ano chegou na costa do Rio de Janeiro. Negociando com os indígenas, compraram carne de anta e um fruto de sabor doce. Seria mais tarde batizado de abacaxi.

Em junho de 1520 a nau Santiago naufragou. Em outubro mesmo ano, a nau San Antônio deserta e retorna à Espanha. Ao se depararem com um mar calmo batizam o mesmo de Oceano Pacífico. Em 27 de abril de 1521 Fernando Magalhães é morto numa batalha. Juan Sebastian Elcano assume o comando da frota. Com a tripulação reduzida a nau Concepción é queimada.

Se Fernando Magalhães não tivesse morrido, possivelmente a frota teria retornado. Então coube a Elcano que seguiu adiante a glória final da volta ao mundo. Após chegar com duas naus nas ilhas Molucas em dezembro de 1521, só uma estava em condições de seguir viagem.

Em 6 de setembro de 1522, a nau Victória com o casco perfurado e apenas 18 homens com ferimentos mal curados e magros chegou à Espanha. Desembarcado suplicaram por velas de cera. Queriam acendê-las nas igrejas agradecendo aos céus pelo retorno.

O feito de Fernando Magalhães e Juan Sebastian Elcano continua inspirando o navegador Amyr Klink: “É absolutamente extraordinário o que eles fizeram”.


Biografia:
Sou catarinense, natural da cidade de Rio Negrinho. Minhas colunas são publicadas as sextas-feiras, no Jornal do Povo. Uma atividade sem remuneração.Meus poemas eu publico em alguns sites. Meu e-mail para contato é: dirzz@uol.com.br.
Número de vezes que este texto foi lido: 115


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Cenários de 2050 DIRCEU DETROZ
Poesias FEITIÇO DIRCEU DETROZ
Crônicas Estamos aqui porque ela está ali DIRCEU DETROZ
Poesias AQUARELAS DIRCEU DETROZ
Poesias COMPÊNDIO DIRCEU DETROZ
Crônicas Uma estranha China DIRCEU DETROZ
Poesias COBAIAS DIRCEU DETROZ
Artigos A garota de Sugar Beach DIRCEU DETROZ
Crônicas As interrogações sobre os alienígenas DIRCEU DETROZ
Crônicas A descoberta da Terra DIRCEU DETROZ

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 939.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 55665 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 52864 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39218 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 34166 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 33358 Visitas
Amores! - 32937 Visitas
Desabafo - 32530 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 31631 Visitas
Faça alguém feliz - 31383 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 31063 Visitas

Páginas: Próxima Última