Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Um pequeno livro de grandes coisas
Caliel Alves dos Santos

Resumo:
O cronista Pedro Marcelino traz um novo livro, uma obra literária que trata da alma de Alagoinhas.


     Um cronista é alguém que desnuda a alma de uma cidade. Deixa as claras o que está oculto pela correria do dia a dia. Sem pretensão a ser um historiador, memorialista ou repórter, o cronista acaba fazendo esse trabalho. Em jornais ou em livros, publicando na internet, o cronista vai tecendo uma memória coletiva. Depois as reúne em algum momento e as publica, como um menu de histórias.
     Pedro Marcelino, com o seu livro “Grandes coisa”, com olhar bastante humanizado, muito devido a sua formação, e a nostalgia do memorialista ligado à terra, nos traz uma Alagoinhas mais viva, mais boêmia e politizada do que o seu presente cinzento se apresenta. Original de Boa União, distrito de Alagoinhas, resgata causos e contos desse vilarejo. Um período de menor violência, de pessoas rijas vivenciando uma vida árida, com todo o seu saber-fazer.
     Essa Alagoinhas perpassa o tempo dos petroleiros, de ativismo político pelo PCdoB e tour em bares alagoinhenses. De modo extrovertido, o autor nos faz caminhar por essas ruas ainda em construção, essas resenhas ao som de viola e cachaça da boa. O cotidiano nunca pareceu tão excepcional. E como diria seu Leal, Alagoinhas é uma grande coisa aos olhos dos filhos que realmente conhecem o seu valor.
     Evocando a linguagem informal do baiano e os costumes sociais, a culinária “pesada” e fazendo rir com as peripécias de petroleiros, o escritor consegue nos fisgar a cada virada de página. É de se emocionar como o autor busca reviver esse tempo que existe e persiste em sentimentos e emoções que só podem ser vividas uma vez mais na memória, lugar da afetividade da alma.
     O livro é rico em imagens, é só ler e vivenciar as experiências de Pedro Marcelino e de suas testemunhas, ao longo do livro ele evoca várias. Coisas corriqueiras ganham um tom especial. A crônica como sinfonia do tempo e do espaço, e por ela, vamos nos preenchendo de amor a Alagoinhas. Essa cidade que encanta e fascina, ao mesmo tempo que desperta nosso senso crítico.
     O seu segundo livro é publicado pela FIGAM Editora. A capa e contracapa do livro é uma reprodução dos quadros do artista plástico Antônio Lins. Com orelha de Augusto Vasconcelos, presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia. Já o prefácio ficou a cargo do Prof. Osmar Moreira, com revisão da prolífica Prof.ª Eliana Batista. Ao fim do livro, temos os depoimentos de Antônio Torres e Jean Wyllys sobre o seu primeiro livro Alagoinhas: o que a memória guarda. O livro contou com apoio cultural de várias instituições e órgãos municipais como colégios, sindicatos e lojas de serviço. A diagramação está perfeita em suas 168 páginas, o designer de capa está estupendo! Alguns erros ortográficos foram vistos, mas insignificantes frente ao conteúdo.


Onde comprar:
Shock Revistas e Jornais
Rua Conselheiro Couto, 155 - Bairro: Centro - Alagoinhas - BA - CEP: 48005-130
(75) 3421-6106


Biografia:
Comecou a escrever depois de um concurso em sala de aula. Dois anos depois ele publicou seu primeiro livro.
Número de vezes que este texto foi lido: 373


Outros títulos do mesmo autor

Resenhas A paixão como eterno crime culposo Caliel Alves dos Santos
Resenhas Os sonhos não acabam Caliel Alves dos Santos
Resenhas Uma mão sempre arruma uma boa luva Caliel Alves dos Santos
Resenhas Bem-vindo ao Mundo Fantástico Caliel Alves dos Santos
Resenhas Literatura eletrizante! Caliel Alves dos Santos
Resenhas Eternas aventuras de meninos Caliel Alves dos Santos
Resenhas A nova onda cyberpunk Caliel Alves dos Santos
Resenhas Costurando as lembranças de uma vida Caliel Alves dos Santos
Resenhas Um pequeno livro de grandes coisas Caliel Alves dos Santos
Resenhas O olho que tudo vê Caliel Alves dos Santos

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 81.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 57838 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53092 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39360 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 34960 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34185 Visitas
Amores! - 33419 Visitas
Desabafo - 33042 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 31818 Visitas
Faça alguém feliz - 31756 Visitas
Vivo com.. - 31460 Visitas

Páginas: Próxima Última