Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O BELO É SENTIR O HOJE
Tânia Du Bois

“... não conhecia poemas
                                           nem muitas palavras belas
                                           mas ele foi me levando
                                           pela mão.”   (Chico Buarque)


          Chico Buarque tem razão, a poesia me levou até Cora Laus Simas, autora da frase “O belo é sentir o hoje.” Esta frase faz com que pensemos em todos os nossos trabalhos e busquemos no amor a solução dos problemas e, na nossa realização, a vitória em cada momento. A frase ilumina e multiplica as nossas forças, colocando-nos na defesa daquilo que abraçamos com o coração – e indiscutivelmente é o que está sendo colhido no momento.
          Cora Laus, irmã de Ruth e Harry Laus, está entre os poetas jardineiros; foi uma escritora pouco conhecida, e seu único livro editado foi A SAUDADE OLHADA DE PERTO – Poesia e Crônica -, publicada pela Editora Laus.
          Para lembrá-la, um fragmento de seu poema “Sinto e Bendigo” :

                                “Sinto na pele – e comparo à leve brisa ou pluma
                                    que nos tocam dão-nos impressão de nada –
                                    uma sutil fragrância por demais amada,
                                    inconsciente, mas, felicidade em suma.
                                    ...
                                    E se não fui feliz – por que chorar? Bendigo
                                    ter sobrado à minha pele, d’algum amigo,
                                    o cheiro da felicidade verdadeira.”



Biografia:
Pedagoga. Articulista e cronista. Textos publicados em sites e blogs.Participante e colaboradora do Projeto Passo Fundo. Autora dos livros: Amantes nas Entrelinhas, O Exercício das Vozes, Autópsia do Invisível, Comércio de Ilusões, O Eco dos Objetos - cabides da memória , Arte em Movimento, Vidas Desamarradas, Entrelaços,Eles em Diferentes Dias e A Linguagem da Diferença.
Número de vezes que este texto foi lido: 28710


Outros títulos do mesmo autor

Artigos CONVITE à REFLEXÃO Tânia Du Bois
Artigos PLURAL de LEITURAS Tânia Du Bois
Artigos A arte da Escolha Tânia Du Bois
Artigos O TOM da IMPRESSÃO Tânia Du Bois
Artigos ATRÁS DA NOITE Tânia Du Bois
Artigos OPINIÃO:PÚBLICA ou PUBLICADA Tânia Du Bois
Artigos MENTES BRILHANTES Tânia Du Bois
Artigos AVESSO A MÁS NOTÍCIAS Tânia Du Bois
Artigos CONVERSAR com o TEMPO Tânia Du Bois
Artigos ARTE: VOCAÇÃO E PAIXÃO Tânia Du Bois

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 340.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
TOMO TUDO - sigmar montemor 39786 Visitas
Lamento - FERNANDO 39609 Visitas
Desabafo - 38951 Visitas
viramundo vai a frança - 38461 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 37613 Visitas
Faça alguém feliz - 37160 Visitas
Vivo com.. - 36402 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 36329 Visitas
eu sei quem sou - 35325 Visitas
camaro amarelo - 35134 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última