Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
CONVITE à REFLEXÃO
Tânia Du Bois



     Gosto de ler poesia e, a de Márcio Almeida, “As Presenças Impuras”, é convite à reflexão. O poeta pergunta no poema, “Por que fica uma palavra / perdida, sem função, a mais, / a apodrecer a lavra / do poema com um mas?...” Ele escreve sobre os “excessos” de palavras nos poemas; com sabedoria, poetiza um assunto difícil e complicado: a representação da arte através da palavra. O argumento de Márcio, ao ser exposto através da poesia, facilita a compreensão do leitor. Também, Jorge Tufic disse que “quanto menos adorno, mais poesia”.
     Observo que sua escrita reflete a preocupação em relação aos “enfeites” nos poemas. É como se, ao me olhar no espelho, não me visse como sou; face a face com o espelho, a imagem pode ficar aumentada e deformada. Tal como no engano ótico, acontece na construção da poesia, na expressão de apenas a visão pessoal, que não faz arte e, ao contrário, salienta os “enfeites” como excessos; velhos hábitos de escrita desmerecer a poesia. A criatividade do escritor, muitas vezes, esbarra nas convenções da escrita ou de meios não utilizados para fazer literatura. Márcio Almeida convida à reflexão quando expressa, “... Que pensar permite o ruim / na surpresa da emoção? / Por que, se rígido, o sim / condena à exceção? // É desse consentir o erro / que a poesia faz sua função: / ser o sujeito da falta, / semente do nada, paixão?...”
     A poesia bem escrita se torna bem-sucedida obra de arte, porque gerada a partir dos ideais do autor. O poeta não só escreve o que vê, mas o que lhe é permitido ver. O poder estrutural possibilita a percepção, que o leva às inovações. Palavras se tornam modelos de renovação, como em Márcio Almeida, “... Mas o que fundar num tempo / alvo de pleno desígnio, / o universo a vão do vento, / a filosofia do signo?...” Contudo, a motivação provém do tema que se apresenta na realidade literária e cultural do autor. A diferença está nas transformações que a palavra sofre, quando mudanças são provocadas para serem convincentes, do ponto de vista da arte. Como demonstra Almeida, “... A contradição, a profecia / belomaldita da vida, / paródia, secular via / já do que antes era dúvida?...”
     Ao desenhar palavras é preciso se conter diante dos “excessos” para que a perspectiva em poetizar com imagens seja a representação da criatividade do autor e demonstração da literatura em relação à visão que ele tem da vida; não como desfile do que é ou quer, mas um convite para que o leitor reflita, como retrata Márcio Almeida, “... Se não existisse, a poesia / faria alguma diferença, / ao fundar signos de pia / com seus ócios e ciência? ... //... A poesia serviu ou servil / à semelhança do criado / serviço de linguagem – fio / fundo a destino do dado?”



Biografia:
Pedagoga. Articulista e cronista. Textos publicados em sites e blogs.Participante e colaboradora do Projeto Passo Fundo. Autora dos livros: Amantes nas Entrelinhas, O Exercício das Vozes, Autópsia do Invisível, Comércio de Ilusões, O Eco dos Objetos - cabides da memória , Arte em Movimento, Vidas Desamarradas, Entrelaços,Eles em Diferentes Dias e A Linguagem da Diferença.
Número de vezes que este texto foi lido: 28509


Outros títulos do mesmo autor

Artigos PAULO MONTEIRO reverso VERGÍLIO A. VIEIRA Tânia Du Bois
Artigos O BEIJO Tânia Du Bois
Artigos AMORES versus HORAS Tânia Du Bois
Artigos DIA DA MENTIRA (I) Tânia Du Bois
Artigos TRAÇOS INSTIGANTES: paisagens x imagens Tânia Du Bois
Artigos O reverso do momento Tânia Du Bois
Artigos CASSINO DA MAROCA Tânia Du Bois
Artigos FELIZES para SEMPRE Tânia Du Bois
Artigos AS APARÊNCIAS ENGANAM Tânia Du Bois
Artigos NADA? ESSE É O SEGREDO Tânia Du Bois

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 340.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 41734 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 38719 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 30824 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30529 Visitas
Amores! - 30160 Visitas
Desabafo - 29964 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29823 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29817 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29775 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 29607 Visitas

Páginas: Próxima Última