Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Amanhã
Matilde Diesel Borille

Apenas ela,
desavisada pela vida,
à fumaça de seu incêndio,
fez pose de felina,
coberta de pele animal.
Apenas ela,
um pouco mais pálida,
atravessou a ponte entre mentes,
desenroupando com fineza
a lã de vucana,
o veludo famoso,
a seda real.
Apenas ela
e todos os meus eus,
livres acreditaram,
que os quatro mistérios escondidos
na incriada, mas perceptível
estufa intelectual
estavam prontos para fugir.
E fugiram.
Apenas ela,
elétrica e calma,
já se insinuou e se encontrou com o sol
dentro de um saco de dormir.
Mas somente um dos meus eus,
da pequena janela de sua alma
viu o Sol,
sorriu para ele e disse:
Que bom que és calor e luz!
Amanhã,
a viva florescência
das plantas de linho,
à luz desse Sol,
virá cobrir meu eu verdadeiro.
Quiçá de linho fino retorcido,
de azul, de púrpura e carmesim.
Porque sonho muito
ser
humano de raro valor.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 232


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Um pouquinho além Matilde Diesel Borille
Poesias À beira da lareira Matilde Diesel Borille
Poesias Amanhã Matilde Diesel Borille
Poesias Junto de Deus Matilde Diesel Borille
Poesias Migalhas de doçura Matilde Diesel Borille
Poesias Inevitável Matilde Diesel Borille
Poesias Se Matilde Diesel Borille
Poesias O beijo Matilde Diesel Borille
Poesias Toque divino Matilde Diesel Borille
Poesias Ao som de cantilenas Matilde Diesel Borille

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 63.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 32726 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 32363 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 31990 Visitas
eu sei quem sou - 31851 Visitas
camaro amarelo - 31786 Visitas
sei quem sou? - 31713 Visitas
MENINA - 31634 Visitas
viramundo vai a frança - 31600 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 31580 Visitas
PSICOLOGIA E DIREITO - Francisco carlos de aguiar neto 31547 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última