Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Perseverança ou teimosia
Patrícia

“Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria.” Josué 1.6


Josué recebeu uma missão de honra: prosseguir, após a morte de Moisés, guiando o povo de Deus à terra prometida. Diante de tão grande incumbência, Josué recebeu do Senhor uma mensagem de perseverança. O novo líder deveria seguir adiante no cumprimento da ordem divina, esforçando-se. O nome de Deus seria grandemente glorificado quando o povo entrasse na terra prometida. Se Deus o mandou se esforçar, Josué provavelmente entendeu que não seria uma missão fácil. E a história mostra como o povo de Israel foi rebelde, teimoso, infiel a Deus e à liderança. A Bíblia é repleta de palavras de perseverança e encorajamento, mas condena a teimosia.
Perseverança não é teimosia. A perseverança não tem um fim em si mesma, pois busca a glória de Deus. Ela objetiva o que é realmente importante, significativo, não o que parece importante. O padrão para se verificar se um objetivo é ou não importante é enxergar se, alcançando-se o que se deseja o nome de Deus será glorificado. Em Provérbios 21.2 lemos: “Todo caminho do homem é reto aos seus olhos, mas o Senhor sonda os corações.” O ser humano não pode buscar nada além de glorificar a Deus como o fim de todos os seus objetivos. Tudo o que é feito para Deus permanece. Ao sondar os corações, é isso que Deus deve encontrar.
Agora, a teimosia é egoísta, visa seus próprios anseios, apenas. Ela objetiva aquilo que não importa, o que é vão, inútil. Todo processo que não tem por finalidade glorificar a Deus é falho. Ainda que o objetivo pessoal seja alcançado, em algum momento se desfará, manifestará sua falha. A teimosia é nociva e perigosa. A história de peregrinação do povo de Israel mostra que Deus resistiu aos teimosos. O povo sofreu por sua insubordinação teimosa em não obedecer aos mandamentos de vida que o Senhor lhe deu. Quando o povo buscou teimosamente seus próprios interesses e prazeres, Deus o entregou aos inimigos.
No Novo Testamento, lemos uma forte mensagem de Paulo em 2 Timóteo 3.1-5: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” Paulo elenca uma variedade de pessoas de quem Timóteo deveria manter distância, entre elas estão as obstinadas. Por que? Porque a pessoa teimosa, obstinada, deliberadamente recusa-se a ouvir Deus, a fazer a vontade divina e pode influenciar outros com esse comportamento. O teimoso relativiza as ordenanças divinas. O teimoso não é submisso a Deus. Porém não somos chamados para a teimosia, mas para a submissão e perseverança coerente com a vontade divina. A perseverança é pautada pelo amor ao Pai.
A Palavra também registra em 1 Coríntios 6.12: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.” Anseios puramente pessoais longe da vontade divina e do amor a Deus não podem dominar o coração. Um filho de Deus é guiado pelo Espírito de Deus e suas motivações não são egoístas. Tudo o que os cristãos devem buscar como objetivo final, imprescindível e inegociável é a glória de Deus em todas as coisas.


Biografia:
Sou cristã, escritora e curitibana. Formada em Letras, com diversos cursos teológicos. Vamos trocar ideias e aproveitar as palavras para expressar as maravilhas da vida.
Número de vezes que este texto foi lido: 28758


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios "Mas longe esteja de mim gloriar-me" Patrícia
Ensaios O que é vaidade? Patrícia
Ensaios A sabedoria do conselho Patrícia
Ensaios Perseverança ou teimosia Patrícia
Ensaios Firme fé Patrícia
Ensaios Pilatos e a imparcialidade Patrícia
Ensaios Deus e o fogo do sofrimento Patrícia
Ensaios As aflições e o suicídio Patrícia
Ensaios Diga não e vença! Patrícia
Ensaios Ser fraco é ser forte! Patrícia

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 43.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 57793 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53079 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39348 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 34931 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34179 Visitas
Amores! - 33407 Visitas
Desabafo - 33032 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 31810 Visitas
Faça alguém feliz - 31750 Visitas
Vivo com.. - 31454 Visitas

Páginas: Próxima Última