Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Inevitável
Matilde Diesel Borille

Vou, acreditando nas flores às vossas mãos,
navegando só, no interior do caudal reduzido,
como que engolida pelas águas verdadeiras
de uma lágrima, apenas uma ínfima lágrima,
entre as muitas veladas que rolam pela beira
da ilusão que afoga em uma fuga do resgate.
Vou, como que seduzida por força de atração,
pisando espontânea os espinhos do vale florido,
inevitável, é ser tentada a abrir caminhos e entrar
em sonhos feitos de barro e de bronze fundidos.
Vou, é possível que eu o precise e que me segure,
com íntimas vestes de santa rumo à visão do paraíso,
porque o prefiro, à calma solidão eternamente sentida.
Vou, recolhendo lascas, minh'alma sendo esculpida,
acariciada pela ideia de adormecer num leito à relva,
oásis de verdor, imerso no silêncio que palpita vida.
Confesso, meu coração, à noite, oculta-se a observar,
quem é que me saberá andarilha senão meu próprio olhar,
que é uma tela na qual se fixa a imagem que se julga última,
minha embaraçada alma tocada pela paz que tanto procurou.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 390


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Bons solos Matilde Diesel Borille
Poesias Elos infinitos Matilde Diesel Borille
Poesias Pão para os outros Matilde Diesel Borille
Poesias Ó meu presépio Matilde Diesel Borille
Poesias Vida Matilde Diesel Borille
Poesias Um pouquinho além Matilde Diesel Borille
Poesias À beira da lareira Matilde Diesel Borille
Poesias Amanhã Matilde Diesel Borille
Poesias Junto de Deus Matilde Diesel Borille
Poesias Migalhas de doçura Matilde Diesel Borille

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 68.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
TOMO TUDO - sigmar montemor 35957 Visitas
Faça alguém feliz - 35774 Visitas
Lamento - FERNANDO 35748 Visitas
Vivo com.. - 35168 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 35063 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 34882 Visitas
eu sei quem sou - 34071 Visitas
camaro amarelo - 33970 Visitas
MENINA - 33854 Visitas
sei quem sou? - 33829 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última