Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Inevitável
Matilde Diesel Borille

Vou, acreditando nas flores às vossas mãos,
navegando só, no interior do caudal reduzido,
como que engolida pelas águas verdadeiras
de uma lágrima, apenas uma ínfima lágrima,
entre as muitas veladas que rolam pela beira
da ilusão que afoga em uma fuga do resgate.
Vou, como que seduzida por força de atração,
pisando espontânea os espinhos do vale florido,
inevitável, é ser tentada a abrir caminhos e entrar
em sonhos feitos de barro e de bronze fundidos.
Vou, é possível que eu o precise e que me segure,
com íntimas vestes de santa rumo à visão do paraíso,
porque o prefiro, à calma solidão eternamente sentida.
Vou, recolhendo lascas, minh'alma sendo esculpida,
acariciada pela ideia de adormecer num leito à relva,
oásis de verdor, imerso no silêncio que palpita vida.
Confesso, meu coração, à noite, oculta-se a observar,
quem é que me saberá andarilha senão meu próprio olhar,
que é uma tela na qual se fixa a imagem que se julga última,
minha embaraçada alma tocada pela paz que tanto procurou.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 389


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Notas de coração de flor Matilde Diesel Borille
Poesias Enigma transcendente Matilde Diesel Borille
Poesias Absolutamente em amor Matilde Diesel Borille
Poesias Mulher em flores azuis Matilde Diesel Borille
Infantil O que há lá fora vovô? Matilde Diesel Borille
Poesias Fios de sóis Matilde Diesel Borille
Infantil Sentimento de criança Matilde Diesel Borille
Poesias Além do verde dourado Matilde Diesel Borille

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 61 até 68 de um total de 68.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Os desafios da divulgação cultural no contexto da pandemia - Flora Fernweh 0 Visitas
Merecer - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 0 Visitas
João Marqueteiro - Rafael da Silva Claro 0 Visitas
Ser - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 0 Visitas
A VOZ QUE FALA FORTE - Alexsandre Soares de Lima 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior