Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
QUEM É JESUS? ESTE DESCONHECIDO?
QUEM É JESUS? ESTE DESCONHECIDO?
Henrique Pompilio de Araujo

Resumo:
Quem é que realmente conhece Jesus? O que ele veio fazer neste mundo. O que ele pregava. Ele pregava o nascimento do homem novo. É o que veremos aqui.

QUEM É JESUS? ESTE DESCONHECIDO.

     No mundo temos mais de dois mil livros que falam sobre a vida de Jesus, mas o mestre continua uma incógnita ainda para muita gente. Para entender Jesus precisamos analisar bem a personalidade, o contexto do momento, as ideias religiosas daquele tempo e o meio onde Jesus atuou.
     Em primeiro lugar o povo daquele tempo estava ainda extremamente atrasado. Não havia uma cultura geral, cada lugar tinha seus usos e costumes. Era um mundo ainda bastante primitivo e praticamente cada família vivia por si. Para se ter uma ideia, as nossas crianças de 7 anos hoje possuem conhecimentos 4 vezes mais que um senador romano daquele tempo.
     A transmissão do conhecimento era todo oral, ou seja, vinha de pai para filho, não havia livros, quando muito alguns papiros.
     Todos ali acreditavam nas religiões, mas cada grupo interpretava de maneira diferente. Os conhecimentos se baseavam nas chamadas escrituras sagradas e ali continham os textos de Moisés e dos profetas.
     Todos ali também esperavam por um Messias que iria nascer naquela região. Um enviado de Deus que iria libertar o povo do jugo romano. Não se acreditava que este messias fosse cuidar das coisas do reino espiritual. O povo estava sofrendo nas mãos dos romanos que dominavam praticamente o mundo todo naquele tempo.
     Várias pessoas se denominavam como o messias e isto trouxe uma série de problemas e dúvidas. O mais famoso deles foi Apolônio de Tiana. Em quem realmente o povo iria acreditar?
     Mudar os conceitos religiosos dominantes naquela época era extremamente difícil, pois os chamados sacerdotes da época dominavam todo o povo com seus conceitos. Já naquele tempo predominavam as falcatruas, a ganância, a sede do poder e de dinheiro. E muitos viram que as religiões eram uma verdadeira mina de ouro, mas para isto precisavam fazer uma lavagem cerebral nas mentes daquele povo pobre e sofrido.
     Foi por esta época que apareceu Jesus, mas em cima dele já colocaram uma série de dúvidas. Isto foi criado pelos próprios apóstolos e seguidores, bem como os padres e pastores atuais. Inventaram um Jesus nascido de uma virgem, inventaram que ele era filho de Deus e não de José e assim uma série de outras coisas. Transformaram Jesus em um mito e não no Verbo como diz a Bíblia. Jesus era um homem como outro qualquer, apenas veio para cumprir uma missão. Alguns dizem que Jesus era o próprio Deus – que aberração! Com bilhões de planetas pelo universo inteiro e Deus vir renascer num grão de areia chamado Terra. Só na cabeça de Jegue cabe esta ideia.
     Outras coisas inventaram do mestre Jesus, por exemplo, ele sabia qual era a sua missão? Ninguém nasce sabendo. Jesus não era diferente de outros homens. Nenhum missionário nasceu sabendo que teria uma missão no mundo. Isto vem com o tempo. A personalidade precisa crescer, se educar, se aperfeiçoar para então cumprir aquilo que veio fazer e isto vai chegando automaticamente conforme o trabalho e a dedicação da pessoa.
     Muitos ainda ficam tentando entender a vida particular de Jesus. Nasceu onde? Belém ou Nazaré? Como viveu Jesus dos 13 aos 30 anos? Qual era a profissão de jesus? E assim por diante. Não seria melhor se ater nos seus ensinamentos?
     E qual o objetivo principal de Jesus neste mundo? Se analisarmos bem a Bíblia vamos ver que Jesus veio preocupado em melhorar o ser humano e isto é para agora e não para a reencarnação seguinte. Melhorar hoje. Assim precisamos renascer de novo, retirar o homem velho que existe ainda em nós e colocarmos o homem novo. O que significa isto, trocando em miúdos? Procurar seguir o caminho do bem, retirar todo ódio, toda ganância, retirar todo o mal que tenta permanecer em nós, sermos mais pacientes, trabalharmos o amor e o perdão, ajudar os nossos irmãos menos aquinhoados. Isto é para ser feito a partir de hoje, deste momento, nada para o futuro. Se todos começaram a se melhorar, serem humanos de verdade, o mundo se tornará um paraíso. Mas se hoje isto ainda é muito difícil, imagine naquela época. Quem é que vai dividir o seu sítio hoje com o seu irmão? Ninguém. Naquele tempo também não.
     Todas as religiões de hoje pregam o exame de consciência ou a reforma íntima. Que o homem procure seus defeitos e procure retirá-los para se tornar melhores, mas quem faz realmente isto? Os nossos líderes religiosos fazem isto? Eles sabem muito bem pregar, mas não dividem a sua casa, seu alimento, seu gado, sua fazenda. Pregar é fácil, difícil é fazer.
     O mestre veio, divulgou os seus conhecimentos orais, não escreveu nenhum tratado, não obrigou ninguém a seguir suas instruções. Seus seguidores começaram a divulgar, muitos de maneira bem diferente do que o mestre pregou, mas grande parte dos seus conhecimentos chegaram até nós. O mestre trouxe um roteiro para seguirmos, mas são poucas pessoas que seguem o mestre Jesus. Todos já adquiriram os conhecimentos, mas a melhoras ainda não.
     Jesus pregava sobre reencarnação? Em hipótese alguma. Jesus pregava sobre a mudança do homem, retirar de si o homem velho e colocar o homem novo. Nada sobre reencarnação. A missão dele não era esta, o povo não estava preparado, os conceitos sobre reencarnação não eram de domínio público. Seria o mesmo como dar aulas de grego a uma tribo indígena lá do Amazonas. Ele falou alguma coisa com os apóstolos, quando perguntaram de João Batista e também com a conversa que teve com Nicodemos. Nunca jamais vamos saber o que eles conversaram, então não vamos fazer nenhuma suposição.
Jesus falava que “seu reino não era deste mundo”, por que então pregar aqui? Simples, porque aqui fazemos a preparação para irmos ao reino pregado por Jesus. Por isto é que temos que nos preparar bem, renascer sempre, colocar em prática as ideias do mestre para então adentrarmos ao reino espiritual em melhores condições. Aqui nesta terra é uma escola preparatória e por isto sofremos muito, melhorando de um lado e outro para um dia termos o nosso merecimento no mundo espiritual.
     Jesus falou das coisas deste mundo espiritual? Nada. Não trouxe nenhuma informação de como seria este seu reino no outro mundo, só disse que seria bem melhor que este. Aí já inventaram uma série de baboseiras: que Jesus está sentado a direita do Pai, que vai julgar os vivos e os mortos, que os bons vão para o céu e os maus para o inferno. A cabeça do homem parece que só tem titica. Jesus jamais disse isto. Tudo invenção do ser humano, quem é que foi ao outro mundo para saber se Jesus está sentado a direita do Pai? Tornaram um Deus humano, como um reino, sentado em um trono com seu cajado na mão, esperando Jesus fazer o julgamento do ser humano. Que julgamento? Ninguém vai julgar ninguém. Cada um vai julgar a si mesmo quando a consciência estiver perfeita. Sentado a direita do Pai? É demais acreditar numa teoria desta. Parece mesmo um reinado, com rei, o filho do lado, só faltou a rainha.
     O juízo final é outra aberração criada pelos homens. Os bons vão para o céu e os maus para o inferno. Provavelmente vai ser condenada 99% da humanidade. O inferno vai progredir muito, em compensação o céu vai a falência. Não sei se Deus e o mestre Jesus vão ficar felizes vendo seus filhos no tal do inferno. Este Deus criado pelos homens é muito pior que os seres humanos. É por isto que é difícil acreditar em uma religião hoje em dia. Todas elas estão presas a lendas, a erros, a aberrações, a inverdades.
     O homem precisa ser religioso, mas de dentro para fora, não seguir os conceitos dados por estas igrejas criados pelos homens. É preciso saber que o mestre Jesus jamais criou uma religião ou uma igreja. Ele trouxe os conhecimentos para que os homens analisem bem e sigam o caminho correto. A verdade será descoberta e um dia o homem vai ter certeza absoluta do que está seguindo. Até lá vamos cumprindo o máximo que puder dos conhecimentos deixados pelo mestre Jesus.
     


Biografia:
Henrique Pompilio de Araújo, nascido em Campo Mourão PR e radicado em Cuiabá MT. Começou a escrever desde cedo. Professor aposentado, bacharel em Direito e Teologia. Trabalhou em diversas escolas em Cuiabá e alguns jornais do Estado. Publicou sua primeira obra em 1977: Secos & Molhados - Poemas. Ultimamente publicou outros livros: "Flores do Além" Poemas, "Contos da Espiritualidade" - Contos, "Nas curvas da vida" Memórias, "Cinquenta contos" Contos. Há muitas obras ainda esperando edição.
Número de vezes que este texto foi lido: 98


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios COMO FOI A MINHA MORTE Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios VINTE PERTUNTAS SOBRE A MORTE Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios QUEM É JESUS? ESTE DESCONHECIDO? Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios QUEM É JESUS? ESTE DESCONHECIDO? Henrique Pompilio de Araujo
Contos LEITURA EXPLISIVA Henrique Pompilio de Araujo
Contos HISTÓRIA ELETRIZANTE Henrique Pompilio de Araujo
Poesias APELIDOS ESPIRITUAIS Henrique Pompilio de Araujo
Crônicas POR QUE A CRISE NO BRASIL ATUAL? Henrique Pompilio de Araujo
Crônicas AMANHÃ SERÁ SEU ÚLTIMO DIA Henrique Pompilio de Araujo
Poesias EU SOU JESUS Henrique Pompilio de Araujo

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 14.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 50136 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 43430 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 42817 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 41260 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 40800 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 40569 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 40528 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 40460 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 40185 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 40150 Visitas

Páginas: Próxima Última