Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Ó meu presépio
Matilde Diesel Borille

A vida pode ser nívea,
e envolta em panos,
e colocada numa caverna.
Não, a luz do sol não foi.
Foi o betume da judéia
que ajudou a envelhecer
o santo abrigo de madeira.
O tempo passa, não passa?
Dois mil anos, um pouco mais.
A hora é a do bater do sino,
não do relógio nem da torre,
o da canção, o pequenino,
o que em luz pede Paz na Terra.
E leva-me à uma reza que implora,
Sol de Deus, por favor, não vá agora,
haverá Natal com presépio,
na entrada da vila onde vivo.
E nenhum cobertor de nuvens,
nessa noite poética de paz,
será capaz de do alto descer,
e feito manta de criança santa,
envolver o “Deus em mim",
o "Emannuel”, o chamado Cristo,
o Messias prometido,
O Jesus de Nazaré,
Jesus, o nazareno,
Jesus, o filho do carpinteiro,
Jesus, o filho de José,
Jesus, o humilde,
que pobre se fez,
por amor de todos,
e acessível aqui está,
nesse lugar singular,
construído sem barreiras,
para que ricos e pobres,
com amor e fé no coração,
possam vir adorá-lo.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 54699


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Girassóis na janela Matilde Diesel Borille
Poesias Bons solos Matilde Diesel Borille
Poesias Elos infinitos Matilde Diesel Borille
Poesias Pão para os outros Matilde Diesel Borille
Poesias Ó meu presépio Matilde Diesel Borille
Poesias Vida Matilde Diesel Borille
Poesias Um pouquinho além Matilde Diesel Borille
Poesias À beira da lareira Matilde Diesel Borille
Poesias Amanhã Matilde Diesel Borille
Poesias Junto de Deus Matilde Diesel Borille

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 69.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
A enchente gaúcha e os impactos na Previdência Social - Alexandre Triches 54719 Visitas
Vivo com.. - 54719 Visitas
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54718 Visitas
Oração do amanhecer - Ivone Boechat 54718 Visitas
🔴 O animal do Pânico - Rafael da Silva Claro 54718 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54718 Visitas
Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 - Vander Roberto 54717 Visitas
CENSURAR, PRA QUÊ ? - BENEDITO JOSÉ CARDOSO 54717 Visitas
sei quem sou? - 54716 Visitas
🔴 Entre meias e gravatas - Rafael da Silva Claro 54716 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última