Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
EPIFANIA,A ESPOSA DO PAPAI NOEL
Saulo Piva Romero

HOUVE UM NATAL EM QUE O PAPAI NOEL TORCEU O TORNOZELO E ASSIM NÃO TINHA COMO PARTICIPAR DA ENTREGA DOS PRESENTES AO REDOR DO MUNDO. ENTÃO, ELE REUNIU TODOS OS SEUS DUENDES QUE ERAM SEUS AUXILIARES PARA DEFINIR QUEM O SUBSTITUIRIA NA ENTREGA DOS PRESENTES NA NOITE DE NATAL.
OS DUENDES ACONSELHARAM O BOM VELHINHO A DAR A OPORTUNIDADE PARA DONA EPIFANIA, A ESPOSA PARA QUE ELA PUDESSE ENTREGAR OS PRESENTES NO LUGAR DELE.
ENTÃO, NOEL MANDOU CHAMAR A SUA ESPOSA E A COMUNICOU QUE ELA SERIA A SUA SUBSTITUTA NA ENTREGA DOS PRESENTES NA SANTA NOITE DE NATAL.
EPIFANIA QUE ERA UMA VELHINHA SIMPÁTICA ACEITOU O CONVITE DE IMEDIATO.
EPIFANIA ERA UMA MULHER DIFERENTE DAS OUTRAS, POIS, POSSUÍA PODERES MÁGICOS.
ELA POSSUÍA ESSES PODERES MÁGICOS PORQUE ERA DESCENDENTE DAS FADAS.
EPIFANIA E PAPAI NOEL MORAVAM UMA PEQUENA CABANA ISOLADA NO MEIO DO DESERTO NESSA ÉPOCA, POIS, HAVIAM CASADO HÁ POUCO TEMPO.
ELES AINDA NÃO HAVIAM CONSTRUÍDO A SUA LINDÍSSIMA CASINHA NA LAPÔNIA.
NESSA ÉPOCA, TRÊS REIS QUE ESTAVAM A CAMINHO DE BELÉM PARA CONHECER O LUGAR ONDE HÁ MUITOS ANOS O MENINO JESUS HAVIA NASCIDO.
ESSES REIS ESTAVAM FAZENDO EXATAMENTE O MESMO CAMINHO QUE OS TRÊS REIS MAGOS HAVIAM FEITO PARA CONHECER E PRESENTE O MENINO JESUS.
MAS UM FATO INESPERADO ACONTECEU DURANTE O CAMINHO, SEUS CAVALOS FICARAM ATOLADOS NA AREIA MOVEDIÇA E ELES ACABARAM SE PERDENDO INDO PARAR JUSTAMENTE NA PORTA DA CABANA QUE PERTENCIA AO VELHO NOEL E SUA SIMPÁTICA ESPOSA EPIFANIA.
ENTÃO, OS TRÊS REIS BATERAM NA PORTA E FORAM ATENDIDOS PELA SIMPÁTICA VELHINHA.
ASSIM QUE OS VIU, EPIFANIA, A ESPOSA DO PAPAI NOEL, CONVIDOU OS TRÊS PARA ENTRAREM E LHES OFERECEU UM DELICIOSO PRATO DE SOPA DE ERVILHAS PARA QUE ELES SE ESQUENTASSEM JÁ QUE ESTAVAM TREMENDO DE FRIO, POIS, A NOITE NO DESERTO É BEM FRIA.
ENQUANTO, ELES SABOREAVAM A SOPA DE ERVILHAS, PERGUNTARAM SE ELA CONHECIA O LUGAR ONDE O SANTO MENINO JESUS HAVIA NASCIDO A MAIS DE DOIS MIL ANOS.
A SIMPÁTICA EPIFANIA DISSE AOS REIS QUE NÃO FAZIA A MÍNIMA IDEIA DE ONDE SERIA ESSE LUGAR.
ENTÃO, DEPOIS DE PASSAREM A NOITE NA CABANA DO CASAL NOEL E EPIFANIA.
ELES RESOLVERAM SEGUIR VIAGEM ATÉ BELÉM CONVIDANDO EPIFANIA PARA IR COM ELES JÁ QUE O PAPAI NOEL ESTAVA IMPOSSIBILITADO DE VIAJAR POR CAUSA DA TORÇÃO NO TORNOZELO.
MAS, A VELHA EPIFANIA DISSE QUE NÃO PODERIA IR, POIS, QUERIA CUIDAR DA RECUPERAÇÃO DO MARIDO.
ENTÃO, OS TRÊS REIS AGRADECERAM AO CASAL POR TEREM PERMITIDO QUE PASSASSEM A NOITE NA CASA DELES E LOGO PARTIRAM RUMO A BELÉM.
QUANDO ELA FECHOU A PORTA DA CABANA, NOEL QUE A OBSERVAVA DE LONGE, A CHAMOU PARA SE APROXIMAR DELE. ENTÃO, O BOM VELHINHO LHE ENTREGOU UMA CAIXINHA QUE CONTINHA UMA ROUPA FEITA SOB MEDIDA PARA QUE ELA USASSE DURANTE A ENTREGA DOS PRESENTES NA NOITE DE NATAL.
E ELA FOI A SIMPÁTICA VELHINHA ENTREGAR OS PRESENTES DE NATAL AO REDOR DO MUNDO. ELA SUBIU NO TRENÓ QUE PUXADO PELAS RENAS, LOGO SUBIU NAS ALTURAS.
EPIFANIA, ACOMPANHADA DOS QUERIDOS DUENDES E DEVIDAMENTE VESTIDA COM O TRAJE CARACTERÍSTICO DO NATAL, VERMELHO E BRANCO, SÓ QUE NA VERSÃO FEMININA, PARTIU COM O TRENÓ CHEIO DE PRESENTES.
QUANDO O TRENÓ VIAJAVA NO CÉU ACOMPANHANDO A ESTRELA DE BELÉM QUE BRILHAVA INTENSAMENTE, UM MILAGRE ACONTECEU, A NEVE COMEÇOU A TOMAR CONTA DO ARENOSO DESERTO ANUNCIANDO A SANTA NOITE DE NATAL.
ENTÃO, EPIFANIA, A SIMPÁTICA ESPOSA DO PAPAI NOEL COM UM SORRISO DE ORELHA A ORELHA E COMEÇOU A JOGAR LÁ DO ALTO OS PRESENTES, FEITOS CAPRICHOSAMENTE POR NOEL PARA A ALEGRIA DE MILHARES DE CRIANÇAS EM TODO O MUNDO.
ELA SE SAIU TÃO BEM NA SUA MISSÃO DE SUBSTITUIR O CARISMÁTICO NOEL. NA ENTREGA DOS PRESENTES NAQUELA INESQUECÍVEL NOITE DE NATAL QUE A PARTIR DO DIA SEIS DE JANEIRO DO ANO SEGUINTE PASSOU A SAIR COM O SEU TRENÓ ENTREGANDO BALAS, DOCES E PRESENTES. ASSIM, EPIFANIA TAMBÉM FICOU CONHECIDA TANTO QUANTO O SEU MARIDO.
ASSIM O DIA SEIS DE JANEIRO FICOU CONHECIDO COMO A FESTA DA EPIFANIA, A ESPOSA DO PAPAI NOEL.


Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 46 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 279


Outros títulos do mesmo autor

Contos AS AVENTURAS DE BIMBO Saulo Piva Romero
Contos GRILO NA CUCA Saulo Piva Romero
Contos A OFICINA MECÂNICA DO DIRCEU Saulo Piva Romero
Poesias UM GAFANHOTO NO RETROVISOR Saulo Piva Romero
Contos O PÁSSARO DE UMA SÓ ASA Saulo Piva Romero
Contos A SERENATA Saulo Piva Romero
Contos O MARTELO E A BIGORNA Saulo Piva Romero
Contos A PRINCESA E A ROSA VERMELHA Saulo Piva Romero
Contos MINHA MÃE É MIL E UMA UTILIDADES Saulo Piva Romero
Contos A BATALHA DOS NOVE REIS Saulo Piva Romero

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 226.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66099 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55095 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43678 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43296 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 42565 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 40815 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 39584 Visitas
Amores! - 38089 Visitas
Desabafo - 37352 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 35600 Visitas

Páginas: Próxima Última