Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O Amor não se explica...
ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI

Resumo:
Toda forma de amor é válida.

...ela, pequena, de pele clara, cabelos levemente castanhos, 50 quilos concentrados num corpo de 1,66 m, olhos hipnotizantes verdes, mãos delicadas de movimentos lentos, muito paciente e extremamente carinhosa. Sempre com seu vestido florido e um sorriso estampado a todo instante que Bruno chega, sempre aberta a ouvir seus amores sem preconceito e sem escolher os assuntos. Ela com sua experiência vai ensinando tudo a Caio, a diferença de idade nunca foi problema nesta relação, muito cuidadosa sabendo se impor quando necessário. Adora cozinhar para Guilherme, tudo o que pede, ela o faz para agradar e deixá-lo feliz, sem cobrar nada por isso. Quando ele se vai, ela volta pra sua vida e seus afazeres sem que suas necessidades sejam totalmente saciadas mas ela não vê a hora deles retornarem. No fundo hoje eles se tornaram o motivo de sua existência. Em qualquer lugar que ela esteja feliz ou triste, em casa ou nas compras seus pensamentos estão sempre neles. Os amores de sua vida, e não peçam a ela pra escolher, pois cada um é amado em toda sua intensidade. Ela se completa com apenas um e com todos, um amor incondicional, que os leigos devem-se perguntar como se pode amar à todos da mesma forma. O preconceito não existe pois em muitas noites dormem todos juntos e isso é um prazer incalculável, de certo que alguns de seus amores sentem ciúmes um dos outros pela posição em que estão na cama, mas nada que ela num simples movimento se encaixa, satisfazendo assim a todos.
Esta é a vida da Dona Ana Cecília e seus netos.


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 33792


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Eterno pairar da Vida ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Arrisque ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Como é sua nuca? ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Um brinde ao protagonista ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Adias há dias ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Predador ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias DIFÍCIL EQUILÍBRIO ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias A ÚLTIMA PEÇA ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Contos A DIFERENÇA DAS FORMAS ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Humor A paciência está com Alzheimer ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 20.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 52818 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 44702 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 43857 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 42146 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 41555 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 41333 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 41332 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 41163 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 40928 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 40904 Visitas

Páginas: Próxima Última