Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Procuras
José Ernesto Kappel

Faz tempo, e o tempo
é de ávido apetite.

Encabeça a preocupação
dos vivos ou vizinhos.

Minha vida?
Corro atras dela?
Corro atrás de nada.

Acho que minha vida se foi,
atravessou as estações
do ano, e fincou-se,
esplêndida, no inverno
de um coração sem amor.

Minha vida, se achei,
se foi.
A vida dela,
se algum dia achei
por todo, dela perdi !

Número de vezes que este texto foi lido: 54974


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Puxa a Corda José Ernesto Kappel
Poesias Meu Sonho José Ernesto Kappel
Poesias Meu Tempo José Ernesto Kappel
Poesias Céu de Seda José Ernesto Kappel
Poesias Barra de Fogo José Ernesto Kappel
Poesias Sal Grosso José Ernesto Kappel
Poesias Vestindo Rainhas José Ernesto Kappel
Contos A Mãe do Prefeito José Ernesto Kappel
Poesias Seu Encanto José Ernesto Kappel
Poesias Paz de Dois José Ernesto Kappel

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 464.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 55275 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 55251 Visitas
A Magia dos Poemas - Sérgio Simka 55246 Visitas
amor feito desejo... - natalia nuno 55245 Visitas
A margarida que falou por 30 dias - Condorcet Aranha 55233 Visitas
A calça preta - Condorcet Aranha 55223 Visitas
Menino de rua - Condorcet Aranha 55208 Visitas
A FORMIGUINHA - Jonas de Barros Vasconcelos 55207 Visitas
Amores! - 55200 Visitas
Decadência - Marcos Loures 55196 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última