Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A Negação de Pedro - João 18
Silvio Dutra

“13 E conduziram-no primeiramente a Anás, por ser sogro de Caifás, que era o sumo sacerdote daquele ano.
14 Ora, Caifás era quem tinha aconselhado aos judeus que convinha que um homem morresse pelo povo.
15 E Simão Pedro e outro discípulo seguiam a Jesus. E este discípulo era conhecido do sumo sacerdote, e entrou com Jesus na sala do sumo sacerdote.
16 E Pedro estava da parte de fora, à porta. Saiu então o outro discípulo que era conhecido do sumo sacerdote, e falou à porteira, levando Pedro para dentro.
17 Então a porteira disse a Pedro: Não és tu também dos discípulos deste homem? Disse ele: Não sou.
18 Ora, estavam ali os servos e os servidores, que tinham feito brasas, e se aquentavam, porque fazia frio; e com eles estava Pedro, aquentando-se também.
19 E o sumo sacerdote interrogou Jesus acerca dos seus discípulos e da sua doutrina.
20 Jesus lhe respondeu: Eu falei abertamente ao mundo; eu sempre ensinei na sinagoga e no templo, onde os judeus sempre se ajuntam, e nada disse em oculto.
21 Para que me perguntas a mim? Pergunta aos que ouviram o que é que lhes ensinei; eis que eles sabem o que eu lhes tenho dito.
22 E, tendo dito isto, um dos servidores que ali estavam, deu uma bofetada em Jesus, dizendo: Assim respondes ao sumo sacerdote?
23 Respondeu-lhe Jesus: Se falei mal, dá testemunho do mal; e, se bem, por que me feres?
24 E Anás mandou-o, maniatado, ao sumo sacerdote Caifás.
25 E Simão Pedro estava ali, e aquentava-se. Disseram-lhe, pois: Não és também tu um dos seus discípulos? Ele negou, e disse: Não sou.
26 E um dos servos do sumo sacerdote, parente daquele a quem Pedro cortara a orelha, disse: Não te vi eu no horto com ele?
27 E Pedro negou outra vez, e logo o galo cantou.” (João 18.13-27)

Jesus foi preso como se fosse um malfeitor, porque teve Suas mãos amarradas.
Ele que não havia oferecido qualquer resistência ao ser preso, e que não havia feito nenhum mal a qualquer pessoa, e muito menos qualquer ato de violência, estava sofrendo agora violência por parte daqueles que deviam debelar a violência e promover a justiça.
Eles queriam passar uma impressão de uma suposta periculosidade de Jesus ao terem-no tratado daquela maneira, ao mesmo tempo em que procurariam agradar às autoridades que lhes haviam enviado, porque bem conheciam o ódio que elas sentiam por Jesus.
Eles exibiram Jesus como um troféu do triunfo deles, levando-o à residência de Anás, porque era sogro de Caifás, o sumo sacerdote indicado para aquele ano.
Eles estavam em conselho há muito tempo para verem como prenderiam Jesus e agora estavam se deleitando com o triunfo deles.
No entanto, quando injustiças devem ocorrer, a providência divina se encarregará de conduzir ao poder homens maus como Anás, Caifás e Pilatos, para a própria ruína deles, de maneira que nenhum justo tenha que deliberar contra a justiça.
Importava que Jesus fosse injustiçado, mas Deus providenciou que isto fosse feito pelas mãos de injustos, previamente preparados para aquela hora.
O triunfo daqueles homens foi a pior das ruínas que poderia ocorrer a qualquer mortal, a saber, a de condenarem o próprio Filho de Deus como um malfeitor digno de morte, por motivo de inveja e ódio, e se baseando em acusações falsas e injustas.
O sumo sacerdote era conhecido por um discípulo de Jesus, do qual João não citou o nome, e nem com isto ele se desviou da maldade que praticaria contra o Senhor.
Nós vemos nisto que Jesus terá discípulos até mesmo na casa dos Seus piores inimigos.
Ele sempre terá testemunhas em todas as partes para que todos os que Lhe resistem sejam indesculpáveis perante Ele no dia do juízo quanto à sua incredulidade e maldade; assim como lhes dá também a oportunidade de se arrependerem pelo que virem no bom testemunho dos Seus servos.       
Este discípulo de Jesus que era conhecido do sumo sacerdote acompanhou o Senhor até a sua sala, e sabendo que Pedro estava junto à porta, do lado de fora, levou Pedro para dentro.
Jesus havia dito a Pedro que o galo não cantaria naquela noite até que ele Lhe tivesse negado por três vezes.
Pedro estava seguindo o Senhor porque disse que não o abandonaria de maneira nenhuma.
Nós temos nesta passagem a oportunidade de ver que para o serviço de Deus, e para os laços de comunhão eterna que devem existir entre os cristãos, o afeto natural é de pouco ou nenhum proveito, porque não persistirá e não resistirá às provas a que for submetido, assim como ocorreu com Pedro, que negou veementemente que conhecia a Jesus, quando foi confrontado na casa do sumo sacerdote.     
Ele começou negando que conhecia Jesus logo à entrada quando a porteira lhe perguntou se não era um dos seus discípulos (v. 17).
Quando o sumo sacerdote perguntou ao Senhor acerca dos seus discípulos e da sua doutrina, Jesus lhe respondeu que aqueles aos quais havia ensinado poderiam responder por Ele.
Pedro certamente seria um destes, mas ele estava atemorizado demais para fazê-lo, e preferiu ficar se aquentando juntamente com os servidores que haviam acendido um braseiro, porque fazia muito frio naquela noite.
Jesus foi esbofeteado por um dos servidores por ter respondido ao sumo sacerdote daquela maneira.
Mas o Senhor lhe perguntou por que lhe havia esbofeteado uma vez que se tivesse falado mal, o servidor deveria dar testemunho do mal que ele havia falado.
Na verdade Jesus não estava na obrigação de dar qualquer resposta a Anás, porque ele não era o sumo sacerdote principal naquele ano, mas Caifás seu genro, assim ele estava abusando de sua autoridade ao interrogar Jesus, porque deveria fazê-lo com um tribunal regularmente instituído para tal, e ao ver que não conseguiu obter nenhuma informação privilegiada da parte do Senhor, ele o enviou a Caifás, ainda manietado, para demonstrar que Jesus não havia obtido nenhum ato de misericórdia da sua parte.     
Enquanto isto Pedro negaria ao Senhor mais uma vez quando aqueles com os quais se aquentava lhe perguntaram se ele não era um dos discípulos de Jesus (v. 25).
E, logo o negaria pela terceira vez quando foi indagado por um dos parentes de Malco, também servo do sumo sacerdote, se não o tinha visto no jardim do Getsêmani juntamente com Jesus.
Assim que Pedro negou o Senhor pela terceira vez, o galo cantou.



Biografia:
Servo de Deus, que tendo sido curado, pela graça de Jesus, de um infarto do miocárdio e de um câncer intestinal, tem se dedicado também a divulgar todo o material que produziu ao longo dos 35 anos do seu ministério, que sempre realizou para a exclusiva glória de Deus, sem qualquer interesse comercial ou financeiro. Aprisionado a Uma Visão Há alguns anos atrás, falou-me o Senhor numa visão que eu fosse ter com os puritanos e com Martyn LLoyd Jones. Exatamente com estas palavras. Por incrível que possa parecer, até então, nunca havia ouvido falar sobre os puritanos e LLoyd Jones. Todavia, de lá para cá, há mais de uma década, não fiz outra coisa tão dedicadamente em toda a minha vida, do que estudar as suas obras, e foi nelas que muito aprendi a ter a consistência bíblica doutrinária que adquiri, e que exponho em meus textos. Mais tarde, fui impelido pelo Senhor a divulgar todo o material que havia produzido como fruto do referido estudo. As obras dos puritanos são muito densas e extensas, e tive que condensá-las e adaptar parte do seu conteúdo para uma forma de linguagem mais atual, tendo no entanto o cuidado, de não prejudicar o teor da mensagem. Você pode ler e ouvir estas mensagens nos meus seguintes blogs e site: http://aguardandovj.blogspot.com.br/ Mensagens Sobre o Tempo do Fim e a Volta de Jesus http://www.verdadeevida.org/ Site com centenas de textos, áudios e vídeos sobre o evangelho verdadeiro (com material dos pastores Charles Haddon Spurgeon, John Woen, John Wesley, John Macarthur, John Piper, Paul Washer, Lloyd Jones, John Wesley, Silvio Dutra, entre outros) http://livrosbiblia.blogspot.com.br/ Comentário dos livros do Velho Testamento http://livrono.blogspot.com.br/ Comentário dos livros do Novo Testamento http://retornoevangelho.blogspot.com.br/ Mensagens em textos e vídeos relativos ao Evangelho Verdadeiro. http://poesiasdoevangelho.blogspot.com.br/ Poesias sobre o Evangelho Verdadeiro Com Quem Estou Compromissado Quanto aos textos que tenho postado, que são em grande parte relativos a temas religiosos, estou compromissado: - Primeiro, com Deus Pai, com Jesus Cristo e com o Espírito Santo. - Depois com a exposição e interpretação exatas da Palavra de Deus, conforme se encontra na Bíblia. - Com meus amados leitores que têm sido tão gentis e pacientes comigo. - Finalmente, com minha própria consciência, quanto ao dever de ser honesto e verdadeiro em tudo que tenho escrito. Não estou compromissado e nem vinculado a qualquer instituição ou denominação religiosa, de modo que tudo quanto escrevo nunca tem o propósito de defender ou atacar qualquer pessoa ou instituição, mormente quanto às convicções e crenças que elas postulam, senão somente de expor o conteúdo bíblico em toda a sua extensão e profundidade.
Número de vezes que este texto foi lido: 28469


Outros títulos do mesmo autor

Artigos O Real Sentido da Vida Silvio Dutra
Artigos Satisfação Silvio Dutra
Poesias Salvação sem Jesus? Silvio Dutra
Artigos Quem São os Puritanos? Silvio Dutra
Artigos Início, Meio, Fim e Recomeço – Parte 1 Silvio Dutra
Artigos Voltando às Origens – Parte 2 Silvio Dutra
Artigos Voltando às Origens – Parte 1 Silvio Dutra
Artigos Como Ir para o Céu Silvio Dutra
Artigos Santificação – Progressiva ou Instantânea? Silvio Dutra
Artigos A Adoração no Culto Público Silvio Dutra

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 2082.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 48715 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39036 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 33182 Visitas
Amores! - 32072 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 32061 Visitas
Desabafo - 31688 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 31417 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30793 Visitas
Faça alguém feliz - 30789 Visitas
Vivo com.. - 30446 Visitas

Páginas: Próxima Última