Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Bruno & Nardoni
Dupla de ouro da justiça brasileira
Xiko Acis

Resumo:
Parece nome de dupla caipira. Poderíamos montar um monte de duplas com canalhas desta categoria. Eu deixo minha posição bem clara em relação a essas pessoas: elas precisam morrer! O oxigênio que respiram e a água que bebem vão fazer falta um dia no planeta. Eu já escrevi sobre isso em outro artigo: “Pena de Morte: Apenas a morte”, e não há nada nesse mundo que me faça mudar de opinião.

Parece nome de dupla caipira. Poderíamos montar um monte de duplas com canalhas desta categoria. Eu deixo minha posição bem clara em relação a essas pessoas: elas precisam morrer! O oxigênio que respiram e a água que bebem vão fazer falta um dia no planeta. Eu já escrevi sobre isso em outro artigo: “Pena de Morte: Apenas a morte”, e não há nada nesse mundo que me faça mudar de opinião.
Daqui a pouco a mídia esquece deles, pois com toda certeza, serão substituídos por outros idiotas da mesma estatura e com crimes de igual ou superior proporção. A banalização da vida é o efeito de uma causa muito maior, ou seja, a falta de significado da vida.
Levamos uma vida sem saber onde queremos chegar do ponto de vista moral e ético. Não temos a menor idéia qual é o significado que damos a nossa trajetória e existência. Para nós tudo é possível dentro de um consumismo desenfreado. O grande significado é ter poder e dinheiro. Todo o resto é resto. Olhamos o “outro” sempre como objeto e nunca como sujeito, incluindo nisso nossos companheiros e companheiras, filhos, parentes, amigos e assim por diante. O “outro”, quanto mais distante estiver, queremos que ele morra logo para não ser uma coisa a mais com que nos preocupar. Pensar que existem crianças morrendo de fome ou doenças, no mundo todo, mais de 30.000 por dia, é apenas mais uma notícia que não nos afeta e/ou sensibiliza.
Somos “humanárveis”, ou seja, humanos descartáveis iguais às garrafas pet que são jogadas todos os dias nos rios e ruas do nosso entorno. Não estamos construindo nada ético neste mundo. Onde nossa vã inteligência imagina que vamos chegar? Qual a finalidade de tudo isso? Precisamos criar diferenças tão malucas entre as pessoas?
Conheço crianças que, no auge de seus nove anos, já trocaram de celular mais de cinco vezes. É normal isso? Crianças morrendo de fome e outras trocando de celular. De quem é a culpa?
Será que a obrigatoriedade de incluir nos comerciais de bebidas alcoólicas a frase “Consuma com Moderação” deveria ser utilizada nas demais propagandas, de todos os produtos e serviços?
Esse consumismo desenfreado não foi o que motivou nem Bruno e nem o Nardoni matarem as pessoas que mataram. Mas a mensagem que está por trás do consumismo sim. A banalização. Como tudo hoje em nossa existência tornou-se banal, descartar objetos e vidas faz parte de nosso fluxo natural. Estamos fazendo isso a cada dia de forma automática e insensível. Não refletimos mais sobre nossa essência e existência. Somos a cada dia, algoz de nós mesmos.


Xiko Acis
Filósofo & Consultor
www.xikoacis.com.br
Inverno/2010.


Biografia:
Filósofo e Consultor de Empresas http://www.xikoacis.com.br
Número de vezes que este texto foi lido: 33957


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Habemus Praeses: Dilma Rousseff Xiko Acis
Crônicas Lula e Dilma: Aéticos ou Antiéticos? Xiko Acis
Crônicas Marina: Voto Branco Xiko Acis
Crônicas Lula - Pré-sal - Deus Xiko Acis
Crônicas Postura Ética Xiko Acis
Crônicas Ética Xiko Acis
Crônicas Bruno & Nardoni Xiko Acis
Crônicas Direito de Morrer Xiko Acis
Crônicas Vazamento do Petróleo do Golfo: Erro Científico Xiko Acis
Crônicas Imagine o Banco Itaú Xiko Acis

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 30.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 76542 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 62275 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50444 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 50241 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49735 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 49500 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49442 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 49152 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48960 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48910 Visitas

Páginas: Próxima Última