Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
QUANTAS VEZES VAMOS REENCARNAR NESSA FAMÍLIA?
Quantas vezes vamos reencarnar nessa família?
Henrique Pompilio de Araujo

Resumo:
Na maioria das vezes reencarnamos na mesma familia, mas quantas vezes isto vai acontecer? Vamos ver neste texto.

QUANTAS VEZES VOCÊ VAI RENASCER NESTA FAMÍLIA?
     Algumas pessoas já me fizeram esta pergunta: até quando vou renascer nesta família? Ninguém tem uma resposta para esta pergunta, nem mesmo os espíritos mais evoluídos, pois depende do desenrolar de todos os membros da mesma família.
     É preciso saber que temos dois tipos de família: a família consanguínea e a família espiritual. Na família espiritual, todos os membros vem quase sempre neste mesmo grupo. Eles trabalham, lutam, crescem e evoluem juntos. Assim quase sempre estão juntos. Renascem quase sempre com laços consanguíneos: pai, mãe, filhos, netos, bisnetos, avós, bisavós, tios, além de compadres, comadres, vizinhos. Muitas vezes algumas pessoas que não nasceram juntos tem uma amizade tão grande que muitos dizem parecer ser filhos desta família. São os laços espirituais que os unem. Estes laços acontecem com pessoas do trabalho, da escola, das diversas instituições ou até mesmo dos botecos, pois nem todos são evoluídos ainda.
     A família física ou material, é onde nasce o pai que se une com a mãe e vem os filhos, os netos, os bisnetos. Todos possuem o mesmo contato sanguíneo. A família material pode estar ligada à família espiritual, mas vem pessoas diferentes. Assim nesta família podem vir alguns que vem aprender alguma coisa, outros que vem ensinar alguma coisa. Tanto na família material como na família espiritual, podemos ter débitos ou créditos de vidas passadas e eles se reúnem agora exatamente para acertar as diferenças. Em ambos os casos é preciso sempre cultivar o amor para não complicar futuramente. Em ambos os casos, podemos dividir estas famílias em três fases:
a)Afinidade – Vimos que nestas famílias muitos vem com muita afinidade. Todos se dão muito bem e tratam a todos com muito amor e carinho. Eles se auto ajudam e ambos se melhoram. É o sonho de toda família, que todos se amem verdadeiramente e todos tenham paz, mas nem sempre isto acontece. Pode ser que um ou mais membros são pessoas meio rebeldes.
     b)Antagonismo – Alguns membros de nossas famílias são antagônicos. Alguns que até procuram briga e vivem as turras. Pode ser uma só pessoa assim, ou pode ser mais de uma. Neste caso esta pessoa sofreu muitos problemas com alguns membros familiares no passado e nesta vida não se melhoram e talvez inconscientemente procuram revidar o que aconteceu há séculos passados. É preciso ter muito cuidado com estas pessoas e só o amor verdadeiro pode muda-los de pensamento.
c)Indiferença – Alguns membros de nossa família são completamente indiferentes para conosco. Eles praticamente não nos veem como membro da família e nem eles entendem o que está acontecendo e nos tratam como pessoas estranhas. Neste caso pode ser mesmo a primeira vez que estão vivendo juntos e esta pessoa veio como um agregado. Veio para ensinar ou para aprender, pois precisa evoluir. Quem nasce como agregado, não vai pegar um amor verdadeiro pela família, entretanto ele não maltrata ninguém e até ajuda quando lhe pedir. Apenas ele ajuda os membros da família como se estivessem ajudando pessoas estranhas.
Hoje em dia existem mais agregados do que se pensa. Pessoas cujos membros todos evoluíram, mas como ela foi sempre rebelde, acaba não tendo com quem reencarnar mais, então precisa procurar uma nova família para então crescer e evoluir. Neste caso esta pessoa pode vir com muitas sequelas do passado, pois ele escolhe uma vida complicada a fim de sanar débitos e voltar à família anterior.
Outros agregados são espíritos evoluídos, que ficam com muito dó de determinadas famílias e vem junto para ajudar estas famílias a crescer e a evoluir. Quase sempre ela renasce e se torna um líder de uma pequena comunidade, de modo que muita gente vai procura-la para ajudar em alguma coisa. Este agregado muda o rumo destas famílias que agora seguem um caminho melhor, seja no trabalho, no estudo e na evolução em geral. O agregado evoluído se sente muito só, pois percebe que muitos não conseguem chegar e acompanhar os seus pensamentos, mas ele segue adiante, tendo uma grande paciência para dar o seu exemplo e recuperar todas aquelas pessoas. Quase sempre estas pessoas se tornam muito queridas, mas elas não querem se aparecer e preferem ajudar sem usar de cargos algum. Apenas servir a todos já está bom.
Agora quantas vezes vamos renascer em uma família, não temos como responder, pois uns evoluem mais rápidos e outros mais lentamente. Entretanto quando todos estiverem evoluídos, é que vão ver com quem vão continuar, porém na espiritualidade. Enquanto isto não acontecer, saibamos tratar a todos os nosso parentes e amigos com muito amor e carinho. Um dia vamos estar todos juntos e em melhores condições.


Biografia:
Henrique Pompilio de Araújo, nascido em Campo Mourão PR e radicado em Cuiabá MT. Começou a escrever desde cedo. Professor aposentado, bacharel em Direito e Teologia. Trabalhou em diversas escolas em Cuiabá e alguns jornais do Estado. Publicou sua primeira obra em 1977: Secos & Molhados - Poemas. Ultimamente publicou outros livros: "Flores do Além" Poemas, "Contos da Espiritualidade" - Contos, "Nas curvas da vida" Memórias, "Cinquenta contos" Contos. Há muitas obras ainda esperando edição.
Número de vezes que este texto foi lido: 53121


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios COMO VIVER MAIS DE CEM ANOS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios COLÔNIA DAS ÁGUAS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios CIÊNCIAS OCULTAS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios CIDADES UMBRALINAS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios Chico deu continuidade às obras de Kardec Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios AVISO DOS PLEIADIANOS Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios Almas gêmeas, existem ou não existem? Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios A minha missão na terra Henrique Pompilio de Araujo
Poesias A escuridão é poderosissima Henrique Pompilio de Araujo
Poesias Energia dos Espíritos Henrique Pompilio de Araujo

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 62.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
JASMIM - evandro baptista de araujo 69080 Visitas
ANOITECIMENTOS - Edmir Carvalho 57979 Visitas
Contraportada de la novela Obscuro sueño de Jesús - udonge 57634 Visitas
Camden: O Avivamento Que Mudou O Movimento Evangélico - Eliel dos santos silva 55906 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 55224 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 55205 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 55085 Visitas
Sobrenatural: A Vida de William Branham - Owen Jorgensen 54962 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 54953 Visitas
Coisas - Rogério Freitas 54939 Visitas

Páginas: Próxima Última