Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
TICA E NECA
Saulo Piva Romero

TICA E NECA
HÁ MUITO TEMPO, DUAS IRMÃS, CLAUDETE E ZULMIRA GOSTAVA MUITO DE BRINCAR AO AR LIVRE, RIR E CORRER PARA TODO LADO.
ZULMIRA, A MAIS NOVA ERA CHAMADA CARINHOSAMENTE DE TICA E CLAUDETE, A MAIS VELHA ERA CHAMADA CARINHOSAMENTE DE NECA.
TICA TINHA SETE ANOS E NECA TINHA OITO ANOS. ELAS ERAM BOAS MENINAS, MAS COMO TODAS AS CRIANÇAS DA IDADE DELAS ERAM LEVADAS DA BRECA.
ELAS SEMPRE FAZIAM MUITAS TRAVESSURAS PRINCIPALMENTE QUANDO SEUS PAIS JOSÉ E CARMEM SAÍAM.
NA MAIORIA DAS VEZES ERA NECA QUE ARQUITETAVA AS TRAVESSURAS DO DIA E QUEM ACABAVA LEVANDO A CULPA ERA A TICA.
CERTO DIA NECA FOI MEXER NA MÁQUINA DE COSTURA DA MÃE E SEM QUERER QUEBROU A AGULHA E A TICA ACABOU PAGANDO A PATO POR MAIS ESSA TRAVESSURA DA NECA, POIS, QUANDO A DONA CARMEM CHEGOU A CASA E VIU A AGULHA QUEBRADA E COMO DE COSTUME A CULPA CAIU NAS COSTAS DA TICA QUE ACABOU LEVANDO ALGUMAS CHINELADAS NO BUMBUM E AINDA PARA PIORAR A NONA FICA GRITANDO NOS OUVIDOS DA DONA CARMEM:
- DÁ-LHE MAIS! DÁ-LHE MAIS! DÁ-LHE MAIS! E A NECA QUIETINHA ASSISTINDO A TICA LEVANDO AS CHINELADAS NO SEU LUGAR.
TICA E NECA SE AMAVAM MUITO E ESSE AMOR QUE UMA SENTIA PELA OUTRA FAZIA COM QUE ELAS FOSSEM CÚMPLICES E MUITO UNIDAS.
TICA QUASE SEMPRE ACOBERTADA AS TRAVESSURAS DA NECA, POIS, A RESPEITAVA MUITO PELO FATO DE ELA SER A SUA IRMÃ MAIS VELHA.
AS IRMÃS TICA E NECA TAMBÉM INVENTAVAM MUITAS BRINCADEIRAS, POIS NAQUELE TEMPO NÃO SE TINHA VIDEOGAME E MUITO MENOS CELULAR E COMPUTADOR.
AS BONEQUINHAS DA NECA ERAM FEITAS DO CAROÇO DA MANGA CHUPADA QUE ELA COLOCAVA PARA SECAR NO SOL E DEPOIS COM UM PENTE PENTEAVA OS FIAPOS QUE HAVIA SOBRADO QUE SE TRANSFORMAVAM NOS CABELOS DAS SUAS LINDAS BONEQUINHAS.
TICA E NECA NÃO SE DESGRUDAVAM O DIA INTEIRO E O PASSATEMPO FAVORITO DELAS ERA BRINCAR DE ESCONDE- ESCONDE NAS RUAS DE TERRA BATIDA OU NAS ALAMEDAS DENTRO DO MUSEU DO IPIRANGA.
NO ANO DE 1946 TICA E NECA FORAM ESTUDAR NO COLÉGIO MARIA IMACULADA, UMA INSTITUIÇÃO FUNDADA POR UMA CONGREGAÇÃO DE FREIRAS ESPANHOLAS.
NO COLÉGIO MARIA IMACULADA SÓ ESTUDAVAM MENINAS. A DIRETORA ERA A MADRE SUPERIORA DOYA MARIA.
ELA ERA UMA MADRE MUITO DISCIPLINADORA E ENÉRGICA AO MESMO TEMPO.
TICA E NECA LOGO QUE PISARAM NO COLÉGIO MARIA IMACULADA LOGO GANHARAM O RESPEITO E A ADMIRAÇÃO DE TODAS AS ESTUDANTES E DAS FREIRAS TAMBÉM.
TICA E NECA TAMBÉM LEVARAM AS SUAS TRAVESSURAS PARA DENTRO DO COLÉGIO.
ELAS PRATICAVAM MUITAS TRAVESSSURAS NOS ANOS QUE ESTUDARAM NESSE RESPEITADO COLÉGIO DO BAIRRO DO IPIRANGA.
A MADRE DOYA FOI QUEM MAIS CONTRIBUIU PARA QUE AS IRMÃS TICA E NECA APRONTASSEM DAS SUAS COM A PARTICIPAÇÃO DAS OUTRAS MENINAS, POIS, A MADRE DOYA APESAR DE TER UM BOM CORAÇÃO ERA MUITO RANZINZA E ISSO FEZ COM QUE TODAS AS MENINAS PEGASSEM BIRRA DELA POR EXAGERAR NOS CASTIGOS IMPOSTOS A ELAS.
TICA E NECA APESAR DE APRONTAR POUCAS E BOAS DEIXANDO A MADRE DOYA COM OS CABELOS EM PÉ TINHA UMA GRANDE ADMIRAÇÃO PELAS IRMÃS TRAVESSURAS E COM O PASSAR DOS ANOS PASSOU A CHAMÁ-LAS CARINHOSAMENTE DE AS NETINHAS DO COLÉGIO.
PARA TICA E NECA A MADRE DOYA SE TORNOU A MADRE MALVADA FAVORITA, POIS, ELA TEVE A IDÉIA DE AMARRAR OS COLCHÕES NAS COSTAS DAS ESTUDANTES INTERNAS QUE FAZIAM XIXI NA CAMA E AS OBRIGAVA A FICAREM CORRENDO ATÉ SECAREM OS COLCHÕES PRESOS NAS SUAS COSTAS.
ENTÃO, TICA E NECA QUE ERAM AS LÍDERES DAS ESTUDANTES RESOLVERAM POR EM PRÁTICA MAIS UMA DAS SUAS TRAVESSURAS ESPETACULARES.
ELAS PEGARAM UM BANCO MUITO PESADO QUE FICAVA NO IMENSO PÁTIO DO COLÉGIO E O CARREGARAM COM A AJUDA DAS DEMAIS MENINAS ATÉ UM PORÃO QUE FICANO NO PONTO MAIS ALTO DO COLÉGIO.
QUANDO DOYA, A MADRE MALVADA FAVORITA DA GALERA DESCOBRIU A TRAVESSURA FOI LOGO APLICANDO UM SEVERO CASTIGO EM TICA E NECA AS SUAS NETINHAS COMO ELA SE REFERIA AS IRMÃS TRAVESSAS.
ELAS FORAM OBRICADAS A SE AJOELHAREM NO MILHO E A REZAREM MUITAS E MUITAS VEZES O TERÇO A AINDA LEVARAM DOÍDAS REGUADAS NAS PALMAS DE SUAS MÃOZINHAS.
OUTRA TRAVESSURA ESPETACULAR E OUSADA SE SEGUIU DEPOIS DESSE SEVERO CASTIGO APLICADO PELA MADRE MALVADA.
ESSA TRAVESSURA FEHOU COM CHAVE DE OURO A PASSAGEM DE TICA E NECA PELO RESPEITADÍSSIMO COLÉGIO MARIA IMACULADA.
TICA E TECA JUNTAMENTE COM AS OUTRAS MENINAS SUBIRAM NOS ALTOS ANDAIMES QUE FORAM COLOCADOS PARA QUE OS PEDREIROS PUDESSEM REFORMAR O TETO DO PÁTIO E FICARAM PENDURADAS POR MUITAS HORAS E AINDA PARA PIORAR A SITUAÇÃO OS ANDAIMES COMEÇARAM A BALANÇAR FAZENDO COM QUE TICA E NECA POR POUCO NÃO CAÍSSEM DAQUELA ALTURA E SE ESTATELASSEM COM A CARA NO CHÃO.
DEPOIS DE TODOS ESSES ANOS DE OURO INESQUECÍVES DE UMA INFÂNCIA FELIZ. TICA E NECA CRESCERAM E CONTINUARAM UNIDAS RINDO JUNTAS NOS MOMENTOS DE ALEGRIA E NOS MOMENTOS DE DOR. SEMPRE IRMANADAS PELO AMOR FRATERNO E SINCERO QUE UMA SENTIA PELA OUTRA
NECA MINHA AMADA MÃE FOI MORAR NO CÉU JÁ FAZ ALGUNS ANOS E TICA MINHA AMADA TIA ZULMIRA E EU SOMOS TESTUMUNHAS VIVAS DA LINDA HISTÓRIA DE AMOR INFINITO E SUBLIME ENTRE AS IRMÃS TICA E NECA.






Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 46 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 96


Outros títulos do mesmo autor

Contos OS LÁBIOS E O BATOM Saulo Piva Romero
Contos A LENDA DO FOGO Saulo Piva Romero
Contos DONA MARIQUINHA Saulo Piva Romero
Contos AS HISTÓRIAS DO JOÃO PESCADOR Saulo Piva Romero
Contos MA FÊ Saulo Piva Romero
Contos OS SONHOS DE LUCCA Saulo Piva Romero
Contos MELINA E O SEGREDO DA CAIXINHA DE MÚSICA Saulo Piva Romero
Contos ALICE E LUNA Saulo Piva Romero
Contos TICA E NECA Saulo Piva Romero
Contos NO BALANÇO DA LUA Saulo Piva Romero

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 268.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 76138 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 62080 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50315 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 50065 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49628 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49294 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 49012 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48831 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48801 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48254 Visitas

Páginas: Próxima Última