Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O árduo trabalho de escrever
DYUVANIA MARA

Dei ordem ao silêncio para reformular meus pensamentos.
Gritei ao tempo que arrancasse as palavras sem sentido de minha mente.
Tentei por um curto período escrever uma rima excelente, busquei a palavra certa, o vocábulo correto.
É difícil escrever polidamente, selecionar e reescrever tudo novamente.


Biografia:
Não sou apenas um corpo comum, não sou algo que posso decifrar, não sou só alma e nem só pensamento. Sou infinita em sentir, sou intensa em amar a arte e o descobrir. Sou escritora simples, com sentimentos incubados que necessitam serem confessados - não como culpa, porém como escritos expostos ao vento e ao mundo.
Número de vezes que este texto foi lido: 54720


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Tentativas de parar o tempo DYUVANIA MARA
Romance Somos uma incógnita DYUVANIA MARA
Poesias O árduo trabalho de escrever DYUVANIA MARA
Poesias Deitada nos seus braços DYUVANIA MARA
Poesias Ferida aberta DYUVANIA MARA
Poesias Sentimento inacabado DYUVANIA MARA
Poesias Poderia...ser... DYUVANIA MARA
Poesias Nostalgia na recordação DYUVANIA MARA
Juvenil Busca da profissão DYUVANIA MARA
Poesias Ponto final DYUVANIA MARA

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 15.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Vocabulario nipo-brasileiro (UDONGE) - udonge 54970 Visitas
Amores! - 54864 Visitas
Desabafo - 54853 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54844 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54843 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54841 Visitas
Vivo com.. - 54839 Visitas
A menina e o desenho - 54835 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54835 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54834 Visitas

Páginas: Próxima Última