Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A DIFERENÇA DAS FORMAS
ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI

Certa vez, no mundo dos redondos, nasceu um quadrado. No começo as coisas não eram fáceis, mas dava para levar. Conforme foi crescendo, os problemas cresceram juntos. Começou a perceber que não se encaixava. Enquanto todos se relacionavam bem com todas aquelas curvas, nosso personagem sempre batia as quinas nos outros e começaram tratar o quadrado com política, mas nunca deixando de dizer o quão bom seria, ele ser redondo. Então o quadrado conheceu a história de uma estrela que nasceu há mais de 2000 anos. Por ser muito sábio e bondoso, ele cativou milhares de redondos, quadrados e triângulos, sempre pregando que não deveria haver diferenças entre as formas. Todas deveriam viver em harmonia. Mas, lembrem-se que ele era uma estrela, e começou a dar pontadas em alguns redondos e em pouco tempo deram fim na estrela. Os redondos para viverem em harmonia, usam de um artificio muito condenado pela estrela, “hipocrisia”. Como os redondos não aceitam outras formas, criaram um profissional chamado psicolixador, que tem como função trabalhar as quinas das formas diferentes para serem aceitos entre os redondos.
Nosso herói tornou-se um quadrado convicto, e não quer ser redondo, eis a razão pela qual está sendo afastado aos poucos, vivendo praticamente sozinho.
Nesta altura, vive um dilema, não sabe mais se vale a pena ser quadrado, e todas as vezes que tenta ser redondo, alguém sempre tira do bolso sua foto, para lhe mostrar, o quanto está longe de ser redondo. Então lhe resta a indagação de Hamlet, do brilhante quadrado William Shakespeare.
“SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO.”


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 33857


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Sempre assim ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Eterno pairar da Vida ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Arrisque ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Como é sua nuca? ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Um brinde ao protagonista ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Adias há dias ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias Predador ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias DIFÍCIL EQUILÍBRIO ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Poesias A ÚLTIMA PEÇA ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI
Contos A DIFERENÇA DAS FORMAS ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 21.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 75697 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 61725 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50138 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 49934 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49470 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49101 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 48843 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48696 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48660 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 48124 Visitas

Páginas: Próxima Última