Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
RECORDE ESTAS PALAVRAS...
Palavras de um pai ao filho.
MARCO AURÉLIO BICALHO DE ABREU CHAGAS

Resumo:
Esse poema foi inspirado em conto de Carlos Bernardo González Pecotche,do livro INTERMÉDIO LOGOSÓFICO.



                    Velava o pai doce sono
                    de seu filhinho querido,
                    inspirado nesse amor,
                    escreveu-lhe estes conselhos:

Não deixe de se alimentar,
para nutrir seu corpinho.
Flexível e vigoroso
há de ser ele todinho.

                    Brinque, brinque, brinque muito,
                    mas, porém seja ordenado,
                    neste mundo que é só seu,
                    sem deixar nada jogado.

À noite quando deitar,
leve aquilo que mais gosta
com ele fique até que durma,
guia será em seus sonhos,
e alegre o seu despertar.

                    Não acarinhe o mais da conta
                    com suas vestes e roupinha
                    e as conserve em bom estado.
                    Mude-as quando estragadinhas.

Obedeça aos seus pais.
Ceda e fique quietinho,
quando não tenhas razão.
Umas vezes a terás,
entretanto, em outras não.
                    Faça da vida um estudo.
                    Dele a mente necessita
                    pra fortalecer o espírito,
                    alimento indispensável.


Seja sempre dócil a tudo,
que é indicado pra seu bem.
Obedeça à professora
e ao seu sentir também.

                    Quando seja obrigado
                    mudar por qualquer motivo,
                    os seus jogos preferidos,
                    manifeste o seu valor
                    tendo muita paciência
                    e não perca o bom humor.

O que afete o seu sentir,
não devem ver seus olhinhos,
A vazias palavrinhas,
também não dê ouvidinhos.

                    Busque sempre a seleção,
                    daqueles seus amiguinhos.
                    E procure ficar junto
                    desses bons companheirinhos.

Pergunte sempre a seus pais,
o que você quer saber,
mas não distraia a atenção
nas coisas que não interessam.

                    Seja muito cuidadoso
                    com seus cadernos e livros,
                    anotando o que aprender
                    e evitará com isso,
                    muitas coisas esquecer.

Acostume a não mentir,
mesmo que com isto sofra
injustiças e tristeza.
Preservará seu sentir.



                    Quando grande você for,
                    ensinarei como deve
                    defender-se com valor
                    dos indivíduos que mentem
                    sempre pra prejudicar.

Refreia sempre os impulsos.
Sê enérgico e não violento,
justo sem ser exigente,
dos outros tolere as faltas,
com rigor reprime as suas.
demonstrando ser valente.                    
                    ***

                    
                         



                    
                    


Biografia:
Advogado especialista nas áreas comercial e tributária. Foi consultor jurídico da ACMINAS – ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE MINAS. Sócio do CUNHA PEREIRA & ABREU CHAGAS – Advogados Associados. Curador Especial nomeado por Juízes Federais e Estaduais. Atua junto aos TRIBUNAIS SUPERIORES. Assessor do SIM – INSTITUTO DE GESTÃO FISCAL. marcoaureliochagas@gmail.com
Número de vezes que este texto foi lido: 28993


Outros títulos do mesmo autor

Poesias PACIÊNCIA DE DEUS Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias SEPARATISMO Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias A PACIÊNCIA Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias O ERRO Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias A CARRUAGEM DO DESTINO Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias A GOIABEIRA Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias INDIFERENÇA E OUTRO TANTO... Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias UVAS Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias LEMBRANÇAS EM PEDAÇOS Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Poesias SONHO PRECURSOR Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 131.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 68376 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55707 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44401 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44124 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43750 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 42665 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 42086 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41352 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41278 Visitas
Amores! - 39778 Visitas

Páginas: Próxima Última