Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Um Natal diferente
DIRCEU DETROZ

Duvido que alguém com opções escolhesse passar o Natal internado num hospital. Eu não tive escolha. Após uma queda que no momento pareceu não ser grave, acabou complicando várias coisas. Ainda estou numa cadeira de rodas. Na noite do dia 24 trocamos o “Noite Feliz” gargalhando contando piadas. A Mamãe Noel da Casa da Amizade apareceu distribuindo Panetones no dia 25.

Certamente não será sobre os meus infortúnios que esta crônica falará. Possivelmente também serei criticado por quem em algum momento precisou de atendimento hospitalar e saiu cuspindo marimbondos com o tempo de espera e o tipo de atendimento. Eu entendo. Colocar-se na situação de “paciente” traz consigo varáveis infinitas de paciência.

Esta crônica começou a tomar forma ainda no hospital. Gostaria muito de saber o custo que o hospital teve comigo na semana que passei internado. Essa é uma conta que a maioria não se dá conta de fazer. Podem acreditar que fazê-la é assustador. A nossa visão de hospital muda complemente. Para quem nunca precisou estar deitado num leito hospitalar então...

Para saber o estágio da saúde no Brasil, com a noção desse custo sugiro traçar um paralelo entre a despesa que dei ao hospital, e quanto deste valor o SUS deve ressarcir. Não acredito que o ressarcimento atinja mais de 30%. Se bancar o restante 70% torna inviável manter um hospital funcionando, ainda devemos incluir como variável na equação, o tempo que esse ressarcimento demora.

Também não pode ficar fora dessa equação, o valor humano que faz um hospital funcionar. Quanto mais nos colocamos e entendemos a nossa situação de paciente, melhor será a relação com quem está ali para cuidar de nós. Nunca se esquecendo de que nós e eles somos humanos com nossas virtudes, defeitos e variações de humor.

Mesmo sem precisar, a todo momento eu estava rodeado de coisas boas. Elas iam de um simples sorriso, aos cuidados essenciais. Criamos vínculos de confiança e intimidade. É certo que nenhum paciente gostaria de estar ali totalmente dependente daqueles profissionais na sua maioria abnegados. Não acredito que quem não ama a profissão possa se sentir feliz num ambiente desses. Cedo ou tarde, ele dará o fora.

O tratamento que recebi de todos esses profissionais merece um destaque especial. Seria um dos meus maiores pecados citar nomes. Também seria uma tremenda hipocrisia minha dizer que não existia uma lista de escolhidos e preferidos. Em todos os lugares essas listas existem. Não seria diferente num hospital.

Internado no hospital conheci pessoas interessantes. Esforcei-me ao máximo para também parecer minimamente interessante. Espero ter conseguido.


Biografia:
Sou catarinense, natural da cidade de Rio Negrinho. Minhas colunas são publicadas as sextas-feiras, no Jornal do Povo. Uma atividade sem remuneração.Meus poemas eu publico em alguns sites. Meu e-mail para contato é: dirzz@uol.com.br.
Número de vezes que este texto foi lido: 334


Outros títulos do mesmo autor

Poesias HOLISMO DIRCEU DETROZ
Crônicas Problemas técnicos DIRCEU DETROZ
Crônicas De Sagan ao Hubble DIRCEU DETROZ
Crônicas Nem tudo é pandemia DIRCEU DETROZ
Poesias SINA DIRCEU DETROZ
Crônicas Nossa bola murcha DIRCEU DETROZ
Crônicas Os humanos mudarão? DIRCEU DETROZ
Crônicas Como será o depois DIRCEU DETROZ
Poesias RESPIRO DIRCEU DETROZ
Crônicas Lições aos humanos DIRCEU DETROZ

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 991.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Faça alguém feliz - 35603 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 35167 Visitas
Vivo com.. - 35079 Visitas
Lamento - FERNANDO 34921 Visitas
Parabéns, Daniel Dantas! - Carlos Rogério Lima da Mota 34427 Visitas
MANCHETE DE JORNAL - sigmar montemor 34277 Visitas
eu sei quem sou - 33976 Visitas
camaro amarelo - 33869 Visitas
MENINA - 33762 Visitas
sei quem sou? - 33743 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última