Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Humanos demais
DIRCEU DETROZ

É cada vez maior a ação dos humanos na destruição do planeta. Os alarmes soam. A destruição das florestas. A elevações das temperaturas e dos níveis dos oceanos. Os descongelamentos das geleiras. A veloz extinção de espécies. A sexta extinção em massa já está em curso. Os humanos de protagonistas serão também vítimas.

Na destruição do nosso único habitat ainda há uma certa negação de se colocar o aumento populacional como uma variável. Existe a crença de que as novas tecnologias ajudarão a tornar os recursos do planeta infindáveis. Esse otimismo com a tecnologia é extremamente perigoso. A Covid-19 foi um bom aviso.

Com a destruição das suas moradas, os animais estão se aproximando das nossas selvas de concreto. Enquanto os prejudicados eram somente eles, esse contato cada vez mais próximo nunca despertou grande preocupação. Agora as vítimas foram os humanos. Com a pandemia fizemos uma descoberta. Para desaparecer do planeta nem é necessária uma era do gelo. O impacto de um asteroide. Basta um vírus invisível.

Um pouco de ficção. Qual das tecnologias que temos seria capaz de salvar os humanos se um vírus infectasse os nossos já escassos recursos hídricos. Que infectasse as plantações mundiais de alimentos já envenenadas por agrotóxicos. É bom lembrar. Pandemias parecidas com a Covid-19 foram o enredo de ficção de muitos livros.

No mundo científico o assunto já é discutido há algumas décadas. Para as gerações atuais permanece um tabu. É outra das más heranças que deixaremos para as futuras gerações resolverem. Vivendo um planeta agonizante, para ganhar um tempo a mais num lugar moribundo elas se obrigarão desarmar a bomba populacional.

Esse é o título do livro escrito pelo professor americano Paul R. Ehrlich. Em 1968, o livro de Ehrlich já alertava para a necessidade de um controle populacional global. Acusado de errar nas suas previsões, numa entrevista em 2011 sustentou sua tese dizendo: “Fui otimista”. No ano da entrevista o planeta chegou a 7 bilhões de humanos. O dobro de quando o livro foi publicado. Dobrou em quatro décadas.

Quem também tentou quebrar o tabu causando polêmica nos anos sessenta ao tocar no assunto foi o famoso documentarista oceanógrafo Jacques Cousteau. Aquele que navegava a bordo do navio Calypso. Há mais de 200 anos o reverendo Thomas Robert Malthus escrevia sua tese. A população crescia em proporção geométrica. Os meios de subsistência em proporção aritmética. Portanto haveria fome. Há fome. Haverá mais.

O planeta estará suportando 11 bilhões de humanos em 2100. Não restará outra opção para a crença, a moral e a ética que conhecemos atualmente. A criação do protocolo de quem nascerá e de quem morrerá será necessária para a sobrevivência dos humanos no planeta Terra. Possivelmente uma inteligência artificial fará as escolhas.


Biografia:
Sou catarinense, natural da cidade de Rio Negrinho. Minhas colunas são publicadas as sextas-feiras, no Jornal do Povo. Uma atividade sem remuneração.Meus poemas eu publico em alguns sites. Meu e-mail para contato é: dirzz@uol.com.br.
Número de vezes que este texto foi lido: 57


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas Um desengonçado Daniel DIRCEU DETROZ
Crônicas Os donos da nossa privacidade DIRCEU DETROZ
Crônicas Da felicidade ao necroceno DIRCEU DETROZ
Poesias DEVORADOS DIRCEU DETROZ
Poesias DESVIOS DIRCEU DETROZ
Crônicas Humanos demais DIRCEU DETROZ
Poesias BANDEJAS DIRCEU DETROZ
Crônicas As araucárias do sul DIRCEU DETROZ
Crônicas As teorias do charuto DIRCEU DETROZ
Poesias TEUS CABELOS DIRCEU DETROZ

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 1015.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 69551 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55949 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 48664 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44683 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44322 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43941 Visitas
viramundo vai a frança - 43379 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 43298 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41952 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41578 Visitas

Páginas: Próxima Última