Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Os Dias
Luiz Edmundo Alves

nem rima cômica
nem palavra pura
: o que me interessa é
esse doce e austero
barulho dos dias se
agrupando na memória.
um
por
um,
com seus momentos,
seus minutos,
décimos de segundo.
os dias enormes, exuberantes.
os dias reles, irrelevantes
entupidos de tédio, tropeços
atrasos, filas.
mas
os dias
se agrupando
na memória, têm um sabor
tão próprio
tão musical e cíclico que
até a morte parece
branca e risível.



Número de vezes que este texto foi lido: 54752


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Fotogramas de Agosto Luiz Edmundo Alves
Artigos Namorados Luiz Edmundo Alves
Poesias Os Dias Luiz Edmundo Alves
Poesias Insônia Luiz Edmundo Alves


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
eu sei quem sou - 54834 Visitas
🔴 Conto de fardas - Rafael da Silva Claro 54833 Visitas
MENINA - 54832 Visitas
viramundo vai a frança - 54831 Visitas
camaro amarelo - 54823 Visitas
Carta para Sophie Scholl nº 2 - Junho/2024 - Vander Roberto 54821 Visitas
sei quem sou? - 54812 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54811 Visitas
🔴 Atila, o rei dos energúmenos - Rafael da Silva Claro 54810 Visitas
A conquista da Atalanta e a resiliência - Vander Roberto 54810 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última