Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O beijo
Matilde Diesel Borille

Quando no momento mais sincero,
num entrelaçamento de amores
- divino e humano -
nossos corpos
despidos dos mantos dourados,
de tão amorosos
se fundirem num só,
põe teu ouvido na minha boca
para escutar calado o que me dá poesia.
O beijo,
nascendo assim,
em silenciosas vozes e na vertical,
para que aí se faça ouvir uma polifonia,
como que antecipando o canto do céu
- sussurros de lento canto -
o doce gozo do mel.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 515


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Notas de coração de flor Matilde Diesel Borille
Poesias Enigma transcendente Matilde Diesel Borille
Poesias Absolutamente em amor Matilde Diesel Borille
Poesias Mulher em flores azuis Matilde Diesel Borille
Infantil O que há lá fora vovô? Matilde Diesel Borille
Poesias Fios de sóis Matilde Diesel Borille
Infantil Sentimento de criança Matilde Diesel Borille
Poesias Além do verde dourado Matilde Diesel Borille

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 61 até 68 de um total de 68.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Minha Terra - Hélder dos Santos da Glória Duarte 3 Visitas
SALVAR VIDAS PERDIDAS - Alexsandre Soares de Lima 3 Visitas
O CARRINHO DE ROLIMÃ - Saulo Piva Romero 3 Visitas
Escrever - Hélder dos Santos da Glória Duarte 2 Visitas
Análise do poema Olhos Verdes, de Gonçalves Dias - Flora Fernweh 2 Visitas
O que tem a temer ? - Micael Costa Lacerda Rafaini 0 Visitas

Páginas: Primeira Anterior