Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A ORQUESTRA DOS ANÕES DA FLORESTA DE CHILLON
Saulo Piva Romero

ERA UMA VEZ UM MENINO MUITO POBRE. JOÃOZINHO ESTAVA PASSANDO POR UMA SITUAÇÃO DIFÍCIL, POIS, SEU PAI TINHA MORRIDO E A SUA MÃE NÃO TINHA COMO SUSTENTAR POR MUITO TEMPO A CASA.
JOÃOZINHO ERA UM MENINO DE OURO. ELE SEMPRE AJUDAVA A SUA MÃE NAS TAREFAS DOMÉSTICAS.
SUA MÃE PEDIU QUE ELE FOSSE COLHER ALGUNS LEGUMES PARA O JANTAR.
ASSIM QUE ELE SAIU CAMINHANDO PELA FLORESTA DE CHILLON, REPAROU QUE ALGO COMEÇOU A SE MEXER NO MEIO DO ARVOREDO.
ENTÃO, ELE SE APROXIMOU, ABAIXOU E AFASTOU AS FOLHAS DEVAGARINHO E MATANDO A SUA CURIOSIDADE, ELE VIU TRÊS HOMENS PEQUENINOS SENTADOS NUM MINÚSCULO BANCO DE MADEIRA. ELES USAVAM UM COLETE VERDE E TOCAVAM OS SEUS INSTRUMENTOS MUSICAIS ENQUANTO CANTAROLAVAM UMA MÚSICA.
JOÃOZINHO QUE ERA MUITO SAPECA, RAPIDAMENTE ESTICOU O BRAÇO E PRENDEU OS ANÕES ENTRE OS DEDOS.
GRUK FOI LOGO CUMPRIMENTANDO O MENINO.
- BOM DIA, MEU MENINO!
RESPONDEU O HOMENZINHO COM UM AR DEBOCHADO.
- ESSES SÃO MEUS IRMÃOS DIN E GUN, NÓS SOMOS MÚSICOS E FAZEMOS PARTE DA ORQUESTRA DA FLORESTA DE CHILLON. AGORA VOCÊ PODE NOS SOLTAR?
- EU SÓ VOU SOLTAR VOCÊS QUANDO ME DISSEREM ONDE FICA O POTE DE OURO QUE ESTÁ ESCONDIDO NO FINAL DO ARCO- IRIS.
NESSE MOMENTO GRUK COMEÇOU A GRITAR PARA O MENINO.
- CUIDADO, TEM UM TOURO BRAVO VINDO NA SUA DIREÇÃO!
ELE SE ASSUSTOU, ABRIU A MÃO E OS ANÕES DESAPARECERAM.
O MENINO FICOU TRISTE, POIS, PENSOU POR UM INSTANTE QUE TINHA FICADO RICO.
AQUELES ANÕES ERAM A PONTE QUE ELE PRECISA PARA ALCANÇAR O ARCO -ÍRIS E CAPTURAR O POTE CHEIO DE MOEDAS DE OURO.
ASSIM ELE VOLTOU PARA CASA DE MÃOS ABANANDO E SEM TER COLHIDO LEGUME ALGUM.
ELE CONTOU A MÃE O QUE HAVIA OCORRIDO NA FLORESTA DE CHILLON E ELA ENTENDEU PERFEITAMENTE, POIS, JÁ CONHECIA MUITO BEM A HISTÓRIA DESSES ANÕES E A LENDA DO POTE DE OURO.
ASSIM ELA ENSINOU AO FILHO COMO LIDAR COM OS ANÕES QUANDO ELES SURGISSEM NOVAMENTE.
ENTÃO ELA DISSE:
- ORDENE QUE TRAGAM O TESOURO IMEDIATAMENTE.
- MUITO OBRIGADO PELA DICA. EU TE AMO MÃE!
DEPOIS DESSA CONVERSA ENTRE MÃE E FILHO. PASSARAM -SE MESES.
ATÉ QUE UM DIA, O MENINO AO VOLTAR DA ESCOLA, SENTIU QUE OS SEUS OLHOS ESTAVAM EMBASADOS POR CAUSA DE UM BRILHO INTENSO QUE VINHA DA DIREÇÃO DO MESMO ARVOREDO ONDE ELE HAVIA ENCONTRADO OS ANÕES.
OS ANÕES ESTAVAM SENTADOS NO MESMO BANQUINHO DE MADEIRA. ELES ESTAVAM TOCANDO OS INSTRUMENTOS. ELES ENSAIAVAM PARA O GRANDE CONCERTO NAQUELA NOITE NA FLORESTA DE CHILLON.
JOÃOZINHO SE ESCONDEU ATRÁS DE UMA ÁRVORE E FICOU ESPIANDO O ENSAIO DOS ANÕES
GRUK TOCAVA SEU TROMPETE, DIN, O SEU VIOLINO E GUN, O SEU CLARINETE.
O MENINO FICOU MARAVILHADO COM O SOM MÁGICO DA ORQUESTRA DOS ANÕES DA FLORESTA DE CHILLON QUE POR ALGUNS INSTANTES ATÉ ESQUECEU DA HISTÓRIA DO POTE DE OURO.
ASSIM QUE TERMINOU O ENSAIO, JOÃOZINHO SE APROXIMOU DOS ANÕES QUE DESTE VEZ SAÍRAM CORRENDO ANTES QUE ELE OS PEGASSE NOVAMENTE.
E ELE DISSE:
- EU ORDENO QUE VOCÊS ME TRAGAM O POTE DE OURO QUE ESTÁ ESCONDIDO NO ARCO- ÍRIS!
E GRUK, O ANÃO MAIS VELHO TENTOU ENGANÁ-LO OUTRA VEZ.
-  CUIDADO, LÁ VEM O GAVIÃO! E SAIU CORRENDO FAZENDO CARA DE MEDO.
E DESTA VEZ O MENINO NÃO DEIXOU QUE O ANÃO DEBOCHADO O ENGANASSE.
-  MENTIROSO! VOCÊ NÃO VAI ME ENGANAR NOVAMENTE. VOCÊ VAI SUBIR ATÉ O ARCO- ÍRIS E ME TRAZER O POTE DE OURO OU EU NUNCA MAIS SOLTO VOCÊS!
GRUK VENDO SEUS IRMÃOS DIN E GUN PRESOS ENTRE OS DEDOS DO MENINO, DISSE:
- ESTÁ BEM, EU VOU BUSCAR O POTE DE OURO. ENTÃO O ANÃO FEZ UM GESTO COM A MÃO E IMEDIATAMENTE UM BELÍSSIMO ARCO-ÍRIS ILUMINOU O CÉU SAINDO NO MEIO DE DUAS MONTANHAS E TERMINANDO BEM AOS PÉS DO MENINO.
AS SETE CORES DO ARCO ÍRIS ERAM TÃO BRILHANTES QUE IMPEDIRAM O MENINO DE VER O POTE CHEIO DE OURO QUE ESTAVA BEM NA SUA FRENTE.
O MENINO FICOU ENCANTADO COM A BELEZA DO ARCO-ÍRIS E MAIS UMA VEZ OS ANÕES DESAPARECERAM.
MAS ANTES DE PARTIREM, OS ANÕES SE CURVARAM E TIRARAM SEUS CHAPÉUS E FIZERAM UM ACENO DE DESPEDIDA E GRITARAM ANTES DE DESAPARECEREM PARA SEMPRE, POIS, O SEGREDO DO ARCO-ÍRIS DOS CÉUS DA FLORESTA DE CHILLON.
- ADEUS, JOÃOZINHO! VOCÊ É UM MENINO ESPERTO! VOCÊ TERÁ SORTE E SERÁ FELIZ PARA SEMPRE! MAS, NUNCA SE ESQUEÇA QUE O OURO NÃO LHE TRARÁ A FELICIDADE, POIS, ELA NÃO É DESTE MUNDO!
E JOÃO FICOU RICO.SEMPRE AJUDANDO OS MAIS POBRES. ELE CONTINUOU SENDO UM MENINO OBEDIENTE E SOLIDÁRIO.
COM O TEMPO ELE DOBROU A FORTUNA ENCONTRADA NO POTE QUE NUNCA SE ESGOTOU.
ASSIM JOÃOZINHO E SUA MÃE LEVARAM UMA VIDA COM MUITA FARTURA E NUNCA MAIS PASSARAM FOME.


Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 46 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 231


Outros títulos do mesmo autor

Contos GIULIA E OS PASSARINHOS Saulo Piva Romero
Contos A PRINCESA ENCANTADA NO LAGO DOS CISNES Saulo Piva Romero
Contos A TORRE DE PIZZA Saulo Piva Romero
Contos CABEÇA DE PAPEL Saulo Piva Romero
Contos TICO E OS FANTOCHES Saulo Piva Romero
Contos XAROPINHO Saulo Piva Romero
Contos PANCHO E O BURRINHO PREGUIÇOSO Saulo Piva Romero
Contos NOÉ E O GRANDE DILÚVIO Saulo Piva Romero
Contos O MILIONÁRIO E O MENDIGO Saulo Piva Romero
Contos O CAIRARA GORDUCHO Saulo Piva Romero

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 149.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 48714 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39036 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 33180 Visitas
Amores! - 32071 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 32061 Visitas
Desabafo - 31688 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 31416 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 30792 Visitas
Faça alguém feliz - 30788 Visitas
Vivo com.. - 30446 Visitas

Páginas: Próxima Última