Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O que seca sua alma?
Nobre gota de chumbo, que pesa no solo e lixivia a alma.
Arthur Alves

No solado marcado pelo amor
O estilhaço da flechada
Penetrou ardente
Como o fogo que incendeia a caatinga

A gota de sangue
Seca, desúmida
Regou a ruína do sertão

Do solo sem vida
surgiu uma rosa
Antes a luz
Brotara morta, pálida

O andante, cansado de cansar-se
Morbidade juvenil
Atirou seu corpo contra a poeira
E ali se fez deserto das almas.



Biografia:
Ao olhar o espelho, me deparo com a face mórbida e deduzida pelo sistema econômico em que vivemos. De alma caleja e cansada, aquí se faz o autor da morte.
Número de vezes que este texto foi lido: 208


Outros títulos do mesmo autor

Poesias A carta fechada Arthur Alves
Poesias O que seca sua alma? Arthur Alves
Frases Sonhos, de Freud para a eternidade Arthur Alves
Poesias Críticas a práticas humanas Arthur Alves


Publicações de número 1 até 4 de um total de 4.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 60208 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53593 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42640 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39710 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 37301 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 36319 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34655 Visitas
Amores! - 34427 Visitas
Desabafo - 33982 Visitas
Faça alguém feliz - 32546 Visitas

Páginas: Próxima Última