Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O MEDO E SEUS PARCEIROS
DE PAULO FOG
paulo azambuja

Resumo:
BOM

O medo surgiu de dentro para fora.
          Em poucos instantes já não tinha pés.
        Minhas pernas me esqueceram e resolveram dormir.
       Olhe para os lados, eu ali naquele lugar inóspito.
        O guarda da rua surgiu subindo a ladeira do Bengue.
          Tinha roupas pretas e boina com suástica.
            Trazia no rosto a caracterisitica marcante dos assassinos.
           Nenhum comprometimento com a vida alheia.
          De súbito me voltaram as forças.
        Mais veio de forma tão rápida, urgente.
        Fui correr e cai.
        Logo em seguida longos braços e uma mão cadavérica me levantou.
           Olhei firme para quela face mórbida.
             Me traga a morte por favor.
           Surgiu um sorriso de pouquissimos dentes.
          Entre estes descia fios de sangue.
        Mais sou tão novo para servir de alimento.
        Com licença pode me informar.
          Em voz cortês aquele guarda sinistro me perguntou.
        O endereço de um antigo armazém.
       Já extinto pelas grandes marcas.
        Mesmo assim lhe ensinei.
          Vi ali ele a sumir, rumo ao seu local.
            Arrastava longos fios de nylon com latinha ao fim deste.
              Em uma dessas, uma data.
            De meu óbito.
                             27042019....................


Biografia:
gosto de escrever
Número de vezes que este texto foi lido: 28747


Outros títulos do mesmo autor

Poesias O MEDO E SEUS PARCEIROS paulo azambuja
Crônicas NOSSO PAÍS E SEUS DEVANEIOS paulo azambuja
Poesias O SENTIDO DE DOER paulo azambuja
Contos ESTRADA DE AÇO 11 NOVEL LIVRE 12 ANOS paulo azambuja
Poesias OUTROS SONHOS E AFINS paulo azambuja
Contos ESTRADA DE AÇO 10 NOVEL LIVRE 12 ANOS paulo azambuja
Contos ESTRADA DE AÇO 9 NOVEL LIVRE 12 ANOS paulo azambuja
Contos ESTRADA DE AÇO 8 NOVEL LIVRE 12 ANOS paulo azambuja
Contos ESTRADA DE AÇO 7 NOVEL LIVRE 12 ANOS paulo azambuja
Poesias INCERTEZAS E OUTROS MOMENTOS paulo azambuja

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 166.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 33449 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 32633 Visitas
eu sei quem sou - 32399 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 32370 Visitas
camaro amarelo - 32280 Visitas
sei quem sou? - 32234 Visitas
MENINA - 32143 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 32081 Visitas
viramundo vai a frança - 32069 Visitas
A menina e o desenho - 32058 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última