Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Aspirina joãocabralina V
André Francisco Gil

Aspirina joãocabralina.

Docente o interaja a aliviar-se em obras reunidas e fazendo moradas.Aula de narração cooperativamente mesmo sua.Cordel,assim teve seu primeiro contato com algo literário.Na fachada de seu apartamento reconhece o ser que pode se completar só com informações.Obra,não reportagem e nem apartamento degenerativo.Queria ser útil,criativo.Seu único ordenador apesar da estatura de sua doença.Emociona-se porque literatura lendo-a mais,suportaria.Fluido objetivo a literatura e seu diálogo com o mundo.
-Preferia qual a depressão,uma de sofrer,a outra de fragilizar.
Dia em que largar o monólogo será de suma importância para sua recuperação.Leveza completa o poeta impressionado.Quadro sem os outros conserva apenas o que não ficou morto.
-Passei meses,um semestre,período de isolamento.
Pernambuco,composição.João Cabral de Melo Neto,vazio.
-Quadros tantos,por que?-perguntei.
-Ordenam as coisas desordenadas em minha mente.
Questiona os homens com sua poesia e diz afirmativamente que escrever engrandece,agiganta.A psicologia taí para ser uma corrente a ser seguida.
-Vazio grande,foram anos,últimos...
A partir de seus títulos a missão se torna soberana.Será tão inesquecível se o outro chegar a sua engenharia poética.Grande mestre na literatura brasileira.Oportunidades grandes,proporcionou-lhe a poesia.As plumas menores como o ouro garimpado pela demonstração.
-Atenção a chamada para talvez Severina...
Composição,isso é sucesso chamado obra sem sono nem preguiça.
-Alma sem homem,o ser em si torna-se mito.
Disse coisas de cão para merecer o mesmo planeta.Doado o sufrágio,agenda ele,talvez, o carregamento de sua pedra.Não privava-se então de Severina,severina.Inspirado nessa magistral vida escreveu o auto.Dentro de João e seus poemas,sentimentos.Sua universal prisão seja em Recife.Entre dependente da morte,a morte de alguém é um castigo.
-Armadura bela,armadura,uma casca.
Cego ainda desvalorizava os clássicos.Propositalmente:livro.Pontualmente:teatro.
-Que eu não sou-disse Cabral.
Tendo sido considerava a zona que era,desconsiderava ele e só.
-Mereci e magistralmente sendo livro só.
Importância segundo a vida.Está no segmento visto na expectativa perdida de Joan Miró.
-Livrar-me queria da desordenança desnecessária.


Biografia:
André Francisco Gil poeta ipaussuense radicado na capital paulista com muita coisa escrita mas ainda engavetada.Textos editados em publicações esporádicas do interior e de alguns fanzines da vida.Almejei uma oportunidade e eis que a chance surgiu.Graças a este espaço vou ver meu poema ganhar asas.Lindo voo.
Número de vezes que este texto foi lido: 35027


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Manifesto da inquietação. André Francisco Gil
Crônicas Enforca Brasília II (Continuação). André Francisco Gil
Contos Divagações acerca do amor. André Francisco Gil
Poesias Momentâneas. André Francisco Gil
Crônicas Afinal um vão é tudo em vão? André Francisco Gil
Crônicas A caminhada do cristão. André Francisco Gil
Artigos De mulher pra mulher:Marina. André Francisco Gil
Poesias Nosso maior bem André Francisco Gil
Haicais Festa da primavera. André Francisco Gil
Poesias Eres tu? André Francisco Gil

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 21 até 30 de um total de 81.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
ENLACE - Alexsandre Soares de Lima 35050 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 35050 Visitas
Andarilho - Alexsandre Soares de Lima 35048 Visitas
Arte e Trabalho, preconceito notório - Marco Mendes 35048 Visitas
Romanos 7 - Silvio Dutra 35047 Visitas
ESTRADAS - Alexsandre Soares de Lima 35045 Visitas
POEIRA NOS OLHOS - ROGÉRIO RIVELLINO SABIONI 35045 Visitas
O QUE ME BASTA - orivaldo grandizoli 35045 Visitas
Para o caso de você lembrar - llorenamt 35044 Visitas
ANIMALESCO - Ivan de Oliveira Melo 35043 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última