Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Contista
Flora Fernweh

Em terra de romances, conto é poesia.


Biografia:
Sobre minha pessoa, pouco sei, mas posso dizer que sou aquela que na vida anda só, que faz da escrita sua amante, que desvenda as veredas mais profundas do deserto que nela existe, que transborda suas paixões do modo mais feroz, que nunca está em lugar algum, mas que jamais deixará de ser um mistério a ser desvendado pelas ventanias. 
Número de vezes que este texto foi lido: 33760


Outros títulos do mesmo autor

Haicais Ósculo Flora Fernweh
Haicais Enfadonho Flora Fernweh
Crônicas Virgulário Flora Fernweh
Haicais Temer idade Flora Fernweh
Poesias Na contramão do mundo Flora Fernweh
Poesias Os estados da matéria chamada amor Flora Fernweh
Artigos A régua do mérito Flora Fernweh
Artigos O contágio econômico do desemprego Flora Fernweh
Artigos Meritocracia: uma análise sociológica Flora Fernweh
Artigos Análise do poema Marabá, de Gonçalves Dias Flora Fernweh

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 163.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 34060 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 34059 Visitas
A tristeza no Nordeste - Wanessa Daiana de Brito 34058 Visitas
Um dia - Luca Schneersohn 34052 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 34050 Visitas
Um dia serei algo - José Rony de Andrade Alves 34037 Visitas
Conexão - Luca Schneersohn 34018 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 34017 Visitas
Pou, a Majestade Não-Zoombi - Alice Silva 34005 Visitas
Tempo - Luiz Fernando Sacramento Lusoli 33984 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última