Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
🔴 Um país carnavalizado
Rafael da Silva Claro


Stanislaw Ponte Preta (Sérgio Porto) compôs o ‘Samba do Crioulo Doido’ em 1966. Um dos motivos da composição do “Samba” foi satirizar a obrigatoriedade de exaltar fatos históricos. Os sambas-enredo são, atualmente, satirizados porque tacitamente seguem uma fórmula que tem que conter palavras como: brilho, fantasia, navegou, libertou, apogeu, e outras abstrações que não significam nada. Sendo assim, qualquer biquíni com umas penas grudadas, na cabeça de um carnavalesco, pode representar uma crítica ao poder repressor ou a exaltação ao deus justo que libertou o povo altivo quando o céu resplandeceu e raiou a liberdade que fez vislumbrar um futuro alvissareiro e com galhardia...

Pois bem, essa festa pode ser enxergada e noticiada pelos acontecimentos positivos ou negativos, de acordo com os interesses ou a realidade. E com a predominância de fatos altamente negativos, no Carnaval, onde teoricamente tudo é permitido, passa despercebido, sambando e andando: malandro e trabalhador e bandido com político. Enquanto isso, “coisas acontecem”.

Durante o Carnaval, o presidente viajou à terra natal do mosquito Aedes Aegypti; uma... cantora... que exaltou marginais pediu ajuda à polícia após ter um colar de R$ 100 mil furtado; um presídio de segurança máxima “teve uma saidinha de Carnaval” e “facilitou” a fuga de 2 presos, que agora serão chamados de soltos; a escola de samba Vai-Vai deu uma aula de “bandidolatria”, fantasiando uma ala com policiais/diabos; criminosos e políticos desfilaram juntos e misturados (se é que você me entende); Daniela Mercury xingou muito; e, no ponto alto desse Carnaval, Baby do Brasil “exorcizou” Ivete Sangalo.

Joãosinho Trinta eternizou a frase “Quem gosta de pobreza é intelectual, pobre gosta de luxo”. A frase é correta, mas faltam umas atribuições que a “elite”, preconceituosamente, tenta jogar para os pobres: a desonestidade, a criminalidade e a idolatria a bandidos (“bandidolatria”).

Favela, para quem está na Vila Madalena e Leblon, é “imersão cultural” com vista para o mar, para o favelado é moradia precária, risco de deslizamento e falta de saneamento e outros serviços públicos; bem como, para uns, usar uma roupa que tenha origem numa etnia diferente da sua é apropriação cultural, para outros, é usar o que tiver. Definitivamente, a arquibancada está muito distante da passarela e o trio elétrico, do chão.

Esse é o novo ‘Samba do Crioulo Doido’ ou, num tempo politicamente correto, “samba do afrodescendente com problema psiquiátrico”.


Biografia:
Ensino secundário completo. Trabalhei em várias empresas, fora da literatura. Tenho um blog, onde publico meus textos: “Gazeta Explosiva” Blogger
Número de vezes que este texto foi lido: 278


Outros títulos do mesmo autor

Crônicas 🔵 Está todo mundo preso Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Show do bilhão Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Prenda-nos se for capaz Rafael da Silva Claro
Crônicas 🔵 Telespectador na linha Rafael da Silva Claro
Crônicas 🔵 Só se vive uma vez Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 O capitão e o sindicalista Rafael da Silva Claro
Crônicas 🔵 Uma noite em Las Vegas Rafael da Silva Claro
Resenhas 🔴 Euforia e exaustão Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Chuchu beleza Rafael da Silva Claro
Ensaios 🔴 Mascote politicamente incorreto Rafael da Silva Claro

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 408.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
JASMIM - evandro baptista de araujo 68954 Visitas
ANOITECIMENTOS - Edmir Carvalho 57876 Visitas
Contraportada de la novela Obscuro sueño de Jesús - udonge 56688 Visitas
Camden: O Avivamento Que Mudou O Movimento Evangélico - Eliel dos santos silva 55758 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 54998 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 54850 Visitas
Sobrenatural: A Vida de William Branham - Owen Jorgensen 54812 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 54749 Visitas
O TEMPO QUE MOVE A ALMA - Leonardo de Souza Dutra 54687 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 54654 Visitas

Páginas: Próxima Última