Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
CIÊNCIAS OCULTAS
CIÊNCIAS OCULTAS
Henrique Pompilio de Araujo

Resumo:
Houve antigamente uma ciência a que deram o nome de ciências ocultas. Ali a gente aprendia muita coisa. Hoje esta ciência desapareceu, mas muitos textos passaram para a ciência em geral.

CIÊNCIAS OCULTAS – QUE CIÊNCIA É ESTA?
     Hoje em dia as pessoas sabem muita coisa, mas nem sempre foi assim. Eram poucas as pessoas que tinham acesso ao conhecimento. Isto porque, na verdade, tudo era proibido e as pessoas tinham dificuldade em adquirir obras para seu aperfeiçoamento. Convém lembrar que até mesmo a Bíblia foi proibida ao público por vários anos. Só os altamente iniciados podiam consultá-la.
     O ser humano, entretanto, sempre teve uma sede muito grande de saber mais, cada vez mais, de ter um pouco de conhecimento. Por que a Bíblia era proibida? Que tinha de especial neste livro?
     Por outro lado, havia muita coisa inexplicável e o ser humano queria saber sobre aquilo, por que não poderia ter noção sobre determinadas coisas? Grande parte do conteúdo religioso continua do mesmo jeito. Não há explicação adequada. Por exemplo: quem é que sabe exatamente como começou o mundo? Por que Deus criou o homem? Para onde vai o espírito depois que morre? Tudo acaba com a morte ou há algo depois dela?
     Estudar abertamente estes temas na antiguidade era muito arriscado, muitos poderiam ir parar nas fogueiras que foi o caminho de muitos. Então determinados grupos criaram um estudo escondido e deram o nome de Ocultismo ou ciências ocultas ou Hermetismo. Muitas pessoas criaram boas obras neste setor, alguns com alegorias, fantasias, muita coisa inventada, mas também muita coisa boa.
     Ocultismo é uma categoria de crenças e práticas sobrenaturais que não se enquadra na ciência, nem na religião. Pode ser também associado a ideias sobrenaturais como extra corporais e parapsicologia.
     Algumas destas práticas do ocultismo se tornaram numa ciência como foi o caso da alquimia. Hoje em dia descobriram a química que teve origem naquela anterior.
     No ocultismo ainda existe algumas ciências não admitidas ainda, como é o caso da astrologia. Muitos duvidam da astrologia, mas se estudar bem a prática, percebe-se que muita coisa dá certo e base com os conhecimentos adquiridos. Do mesmo modo temos os leitores de mão e de rosto. Os traços impregnados batem muito bem com a personalidade da pessoa.
     O termo Ocultismo surgiu na França no século XIX com grupos esotéricos franceses conectados a Éliphas Lévi e Papus. Em 1875 a senhora Helena Blavatsky, cofundadora da Sociedade Teosófica adotou o ocultismo.
     Como o homem está sempre em busca de algum conhecimento, isto foi sendo expandido aos poucos. Muita gente tem curiosidade em saber certas coisas do seu passado e também do seu presente. Daí a consulta a alguns ocultistas que nem sempre eram pessoas adequadas e preparadas para dar certas informações. Dentro do ocultismo surgiram algumas práticas bem populares: adivinhação, magia, bruxaria e alquimismo. Alguns dizem Filosofia Secreta destinada a práticas ocultas. Tal Filosofia seria derivada da magia e da alquimia helenística de um lado e do misticismo judeu do outro. A principal fonte vem do Corpus Hermeticum de Hermes Trimegistos que abordam astrologia e ciências ocultas de restauração espiritual.
     Do lado judeu, a principal contribuição foi a cabala, uma interpretação mística da Torá. A união destas influências ficou conhecida como Hermetismo. A alquimia acabou sendo incorporada ao hermetismo dando origem mais tarde ao movimento Rosacruz, uma sociedade que utilizava símbolos alquimistas e ensinava conhecimentos secretos aos seus seguidores.
     Mais tarde estes autores acabaram influenciando de tal modo na sociedade que foi criado o movimento “Iluminismo” e o avanço continuou dando origem mais tarde, novos conhecimentos que acabaram culminando com o aparecimento do Espiritismo e a Teosofia. Muito proveito deu então o cultismo a algumas filosofias e religiões.

OCULTISMO E CIÊNCIA
Muitos fenômenos inexplicáveis de antigamente eram considerados Ocultismo. Não havia uma ciência ainda para explicar os fenômenos. O Magnestimo por exemplo era considerado um fenômeno das ciências ocultas. A própria teoria de Isaac Newton para a gravidade, foi acusada de ocultismo. Enfim, tudo aquilo que a ciência não podia explicar, era chamado de Ocultismo. Este vinha preencher o lado obscuro da ciência. Era aí que as pessoas buscavam respostas para suas perguntas. Antoine Faivre, um estudioso do esoterismo, defendia que em vez de simplesmente aceitar o triunfo da ciência, os ocultistas buscavam soluções alternativas.
Wouter Hanegraaff destaca que o ocultismo se distancia do esoterismo antigo por aceitar a ideia de um mundo desencantado, que privilegia a razão e a ciência. Esta adaptação foi necessária após o Iluminismo que substituiu a visão de um mundo guiado por forças sobrenaturais, abrindo espaço para o existencialismo e as responsabilidades individuais.
Outra característica que afastou o ocultismo do esoterismo foi o distanciamento de práticas cristãs, em alguns casos opondo-se à religião. Ao rejeitar o cristianismo, muitos ocultistas voltaram-se a crenças mais antigas e distantes do que a religião de Cristo. Isto levou o ocultismo a se aproximar do paganismo e de religiões e filosofias asiáticas como o Hinduísmo e o Budismo e muitos se aproximaram destas duas religiões.
Estes ocultistas também deram ênfase à jornada espiritual de cada indivíduo, uma ideia que iria influenciar com bastante força o movimento New Age na metade do século XX. Tal busca foi encorajada pelas ciências ocultas europeias como a Alquimia e rituais de magia e orientais como o Yoga. O ocultismo pode até ter começado em círculos mais fechados, mas abraçou as mais diferentes crenças, filosofias e a busca pela espiritualidade. De horóscopos a yoga, há milênios ele se faz presente na vida de muitos e os ajuda a procurar respostas para seus dilemas mais íntimos do nosso ser.
          Texto Baseado no Blog: Dark Blog



Biografia:
Henrique Pompilio de Araújo, nascido em Campo Mourão PR e radicado em Cuiabá MT. Começou a escrever desde cedo. Professor aposentado, bacharel em Direito e Teologia. Trabalhou em diversas escolas em Cuiabá e alguns jornais do Estado. Publicou sua primeira obra em 1977: Secos & Molhados - Poemas. Ultimamente publicou outros livros: "Flores do Além" Poemas, "Contos da Espiritualidade" - Contos, "Nas curvas da vida" Memórias, "Cinquenta contos" Contos. Há muitas obras ainda esperando edição.
Número de vezes que este texto foi lido: 54723


Outros títulos do mesmo autor

Ensaios QUEM É JESUS? ESTE DESCONHECIDO? Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios QUEM É JESUS? ESTE DESCONHECIDO? Henrique Pompilio de Araujo
Contos LEITURA EXPLISIVA Henrique Pompilio de Araujo
Contos HISTÓRIA ELETRIZANTE Henrique Pompilio de Araujo
Poesias APELIDOS ESPIRITUAIS Henrique Pompilio de Araujo
Crônicas POR QUE A CRISE NO BRASIL ATUAL? Henrique Pompilio de Araujo
Crônicas AMANHÃ SERÁ SEU ÚLTIMO DIA Henrique Pompilio de Araujo
Poesias EU SOU JESUS Henrique Pompilio de Araujo
Crônicas NÒS E A PANDEMIA ATUAL Henrique Pompilio de Araujo
Ensaios SERES VIVOS EM OUTROS MUNDOS Henrique Pompilio de Araujo

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 51 até 60 de um total de 62.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
TOQUE DE AMIGO - Carlos de Almeida 54779 Visitas
O MACACO ZÉ BEDEU - Carlos de Almeida 54779 Visitas
Seio - Ana Mello 54778 Visitas
O GAFANHOTO E A JOANINHA - Carlos de Almeida 54778 Visitas
What About You? - Thiago Souza Pimentel 54777 Visitas
SENHOR DA VIDA 2 TERROR - paulo ricardo azmbuja fogaça 54777 Visitas
🔵 Noite sem fim - Rafael da Silva Claro 54776 Visitas
MENTE OCUPADA E PRODUTIVA - Márcio de Medeiros Lima 54775 Visitas
A casa - Ana Mello 54775 Visitas
Minha Amiga Ana - J. Miguel 54775 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última