Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Zero no Escuro
José Ernesto Kappel

Se o assunto é
abismo
é coisa de graça:
coisa dos fáceis.

Pois você está falando
com o pulo,
o vôo,
a queda,
o zero de escuro.

Lá o céu é azul,
laça o vento cálido,
e as rochas reluzem,
cor de aço.

Se o assunto é abismo,
meu caro amigo-anil,
está falando com
ele mesmo:
com gente sem raiz.

Se fui é prá não mais
voltar.

Dedal e espelho,
linha grossa, linha fina,
o poeta vai sem luz,
vai agora
para o mais fundo!

Empina!Retro!Mundo!
Ave, três vezes:
e já estou igual a
um parafuso
lá no fundo: perto
do desespero!

Número de vezes que este texto foi lido: 54917


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Puxa a Corda José Ernesto Kappel
Poesias Meu Sonho José Ernesto Kappel
Poesias Meu Tempo José Ernesto Kappel
Poesias Céu de Seda José Ernesto Kappel
Poesias Barra de Fogo José Ernesto Kappel
Poesias Sal Grosso José Ernesto Kappel
Poesias Vestindo Rainhas José Ernesto Kappel
Contos A Mãe do Prefeito José Ernesto Kappel
Poesias Seu Encanto José Ernesto Kappel
Poesias Paz de Dois José Ernesto Kappel

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 464.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55301 Visitas
O Senhor dos Sonhos - Sérgio Vale 55292 Visitas
Jazz (ou Música e Tomates) - Sérgio Vale 55268 Visitas
A Magia dos Poemas - Sérgio Simka 55249 Visitas
amor feito desejo... - natalia nuno 55249 Visitas
A margarida que falou por 30 dias - Condorcet Aranha 55245 Visitas
A calça preta - Condorcet Aranha 55241 Visitas
Amores! - 55232 Visitas
Menino de rua - Condorcet Aranha 55227 Visitas
A FORMIGUINHA - Jonas de Barros Vasconcelos 55211 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última