Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Der por
Anderson C. D. de Oliveira

O poente de cada ser,
O conivente de crer,
Cada vasta o horizonte,
Cada ser o monte,
De ser o ser conivente.

O ser javali com morde,
De um rato sem porão,
De um cachorro sem casa,
De um homem sem lar,
E eu ser o coração.


Biografia:
Olá, me chamo Anderson C. D. de Oliveira. Sou escritor há dezessete anos e vim aqui publicar textos bons e de alta qualidade. espero que apreciem meus trabalhos. Adotei o nome de Gumer Navarro. Obrigado por acessarem meus textos.
Número de vezes que este texto foi lido: 54866


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Dê paz Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Como te perdoei Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Conheço a ti Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Vir ter Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Valor Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser chama Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ler Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser dor Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser poente Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Poente doente Anderson C. D. de Oliveira

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 2012.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Minicurso sobre a redação no ENEM - Isadora Welzel 79731 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 59549 Visitas
Salvando computador muito ruim - Vander Roberto 55635 Visitas
81 anos da prisão e morte dos Rosas Brancas - Vander Roberto 55456 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 55378 Visitas
QUE SE... - orivaldo grandizoli 55375 Visitas
Lançamento do livro - Alberto Kopittke 55354 Visitas
Nua, totalmente indefesa - rodrigo ribeiro 55309 Visitas
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55293 Visitas
O estranho morador da casa 7 - Condorcet Aranha 55276 Visitas

Páginas: Próxima Última