Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Poente doente
Anderson C. D. de Oliveira

De cada ser que publico,
De ser como ser,
O amor de cada,
O era e doravante,
E ser o querer.

O erro e o reto,
E educado ser,
Como sou sempre,
E não plagio ninguém,
E faço novas todas às poesias.


Biografia:
Olá, me chamo Anderson C. D. de Oliveira. Sou escritor há dezessete anos e vim aqui publicar textos bons e de alta qualidade. espero que apreciem meus trabalhos. Adotei o nome de Gumer Navarro. Obrigado por acessarem meus textos.
Número de vezes que este texto foi lido: 54716


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Dê paz Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Como te perdoei Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Conheço a ti Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Vir ter Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Valor Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser chama Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ler Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser dor Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Ser poente Anderson C. D. de Oliveira
Poesias Poente doente Anderson C. D. de Oliveira

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 2012.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Amores! - 54782 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 54781 Visitas
DIVINO SER - Ivan de Oliveira Melo 54779 Visitas
eu sei quem sou - 54778 Visitas
Carta para Sophie Scholl - Junho/2024 - Vander Roberto 54778 Visitas
Dores da paixão - Ivone Boechat 54777 Visitas
Desabafo - 54776 Visitas
Leite com Pimenta - Rafael da Silva Claro 54771 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 54770 Visitas
A força do recomeço de empresários atingidos pelas enchentes - Isnar Amaral 54770 Visitas

Páginas: Próxima Última