Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Um presente de Natal.
Natal desse ano.
Rodrigo Nascimento

Resumo:
O que representou o ano para o Natal

Um presente de Natal.

Finzinho de ano, arrumo minhas coisas, conserto as que posso continuar no próximo ano, dou as outras que não vou precisar e a vida continua em um próximo ano que amanhece com alguma coisa diferente...a esperança!
Esse ano foi muito especial, em minha vida e acredito que na de todos, na minha casa, na minha família, na minha cidade, no meu estado, no meu país, no meu continente, no meu mundo, e em toda a terra.
Esse planeta lindo pela sua beleza colorida, o planeta azul, que reluz em nosso sistema solar como o único que recebeu a vida como conhecemos.
Se considerarmos o ano como o tempo de vida da terra, coincidentemente o homem pelo seu tempo proporcional de vida aqui, começou a habitar na terra nos últimos dias de dezembro, somos a produção mais evoluída do planeta, desenvolvemos um sistema neurológico único, capaz de nos possibilitar criar todo desenvolvimento que necessitamos para melhorarmos nossas vidas.
A reflexão que nos incomoda é porque será, que isso não foi o suficiente para que chegássemos a um lugar melhor, o que realmente nos impediu de desenvolver e dividir esse desenvolvimento com nossa raça?
Vivemos um ano anterior de exclusões, separações, muros, desacordos comerciais e muitos desentendimentos, vivemos várias tragédias sísmicas, climáticas, o aquecimento do clima deu sinais de ter começado a ficar ser controle, florestas imensas, em todo mundo foram destruídas, ao mesmo tempo que a poluição e o nível de carbono no ar subiu a níveis alarmantes.
Qual será o preço que teremos de pagar por esse abuso e descontrole ao meio ambiente?
Por quinze segundos, pare de respirar, feche os olhos e tape os ouvidos. Verá que existimos em nosso mundo interno. Respire, abra os olhos e ouça os sons do mundo...o mundo coexiste conosco.
Agora pense nas pessoas conhecidas que não terminaram o ano com você, lembre-se do rosto delas, dos amigos pessoas que se foram e deixaram uma mensagem para você.
Alguma coisa mudou para sempre aqui em nossa terra. O impacto causado dessa mudança vai permanecer por muitos anos e vai se refletir em uma profunda desaceleração dos índices de poluição, o consumismo vai ser repensado e as coisas desnecessárias sobre nossas necessidades nesse ano vão nos marcar nos próximos anos e em toda nossa vida. Sempre foi assim, passamos por várias pestes que dizimaram toda a população e refizeram os hábitos de vida.
Nesse Natal o sentido de presentear mudou, ao nos afastarmos, o distanciamento nos afastou também do egoísmo, queremos dividir mais, simplificar, e o trança-trança de antes, se transformou em uma movimentação bem mais consciente.
Muitos não enxergaram essa mudança ainda, mas ela chegou, para todo o sempre.
Feche os olhos de novo e os abra para comemorar um maravilhoso Natal cheio de vida mesmo que a vida seja diferente e agradeça ao preço desse aprendizado, o futuro também agradecerá!








Biografia:
Do autor
Número de vezes que este texto foi lido: 54852


Outros títulos do mesmo autor

Contos Um Sonho Muito Especial Rodrigo Nascimento
Contos A day in my life! Rodrigo Nascimento
Contos O que uma viagem ao Atacama aos 70 me ensinou. Rodrigo Nascimento
Crônicas Um coroa no Atacama Rodrigo Nascimento
Monografias Meu Currículo de Agronomia. Rodrigo Nascimento
Crônicas O café. Rodrigo Nascimento
Romance As coisas. Rodrigo Nascimento
Humor Um sonho delicioso e muito perigoso. Rodrigo Nascimento
Artigos Cai na real Facebook! Rodrigo Nascimento
Humor Uma Caminhada Engraçada. Rodrigo Nascimento

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 25.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
Minicurso sobre a redação no ENEM - Isadora Welzel 79736 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 59549 Visitas
Salvando computador muito ruim - Vander Roberto 55635 Visitas
81 anos da prisão e morte dos Rosas Brancas - Vander Roberto 55456 Visitas
Delícias da festa junina - Ivone Boechat 55378 Visitas
QUE SE... - orivaldo grandizoli 55375 Visitas
Lançamento do livro - Alberto Kopittke 55357 Visitas
Nua, totalmente indefesa - rodrigo ribeiro 55309 Visitas
A FARSA DA USURA - fabio espirito santo 55293 Visitas
O estranho morador da casa 7 - Condorcet Aranha 55279 Visitas

Páginas: Próxima Última