Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
SENSAÇÕES
Ivan de Oliveira Melo

Resumo:
...tudo se percebe através dos sentidos...


                                                                             
Meus tecidos são do puríssimo algodão…

Meus olhos contêm raios ultravioletas

Que se manifestam ao sabor de puras imagens

E se locupletam diante dos refis dourados


Que o mundo oferece como regalo da natureza.

Minha audição retém uma sonoplastia rítmica

Que açambarca qualquer ruído procedente do éter

Fictício ou da solidão imposta pela saudade…


Meu tato migra sempre que aveludo as porções

De um cotidiano frívolo e sem o caráter personalístico

Que a ciência exibe em suas experiências laboratoriais

Donde se obtém as híbridas sensações da sensibilidade.


Meu olfato é um exemplo típico que cobaia os prazeres

De uma existência oxigenada pela sensualidade apócrifa

E traz, ao reduto do absurdo, a impossibilidade de sentir

As emoções intempestivas da consciência inconsequente.


Por último, retenho do paladar os sabores das multidões…

O gosto é um invólucro que percebe, da infidelidade, o

Tempero nocivo das traições que sedimentam as raízes

Da infelicidade e trazem à criatura uma conexão alienígena!


Biografia:
Nascido em Recife, em 09/10/1953. Professor de língua portuguesa e literatura. Poeta desde adolescente. Livros publicados: SINFONIA DE AMOR; POESIA, AMOR E VIDA; REFLEXOS; SEARA DE RITMOS; SO...NETANDO.Temas mais comuns em seus versos: o amor, a natureza, o homem, o socia, o cosmos, o metafísico, religiosidade...
Número de vezes que este texto foi lido: 33893


Outros títulos do mesmo autor

Poesias EXTRATIVISMO Ivan de Oliveira Melo
Poesias CONEXÃO Ivan de Oliveira Melo
Poesias HOMEM/MULHER Ivan de Oliveira Melo
Poesias PAISAGEM Ivan de Oliveira Melo
Poesias INFINITESIMAL Ivan de Oliveira Melo
Poesias SENSAÇÕES Ivan de Oliveira Melo
Poesias SENSAÇÕES EÓLICAS Ivan de Oliveira Melo
Poesias HÁBITOS & VÍCIOS Ivan de Oliveira Melo
Poesias JUÍZO Ivan de Oliveira Melo
Poesias NEGRUME Ivan de Oliveira Melo

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 1033.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2021
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 76529 Visitas
Sem - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 62271 Visitas
NÃO ERA NADA - Alexsandre Soares de Lima 50439 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 50234 Visitas
Os Morcegos - Nato Matos 49731 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 49438 Visitas
IHVH (IAHUAH) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 49250 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 49149 Visitas
MILA, A MENINA QUE MORAVA DENTRO DE UM COGUMELO - Saulo Piva Romero 48956 Visitas
Solidão que nada - Morgana Bellazzi de Oliveira Carvalho 48906 Visitas

Páginas: Próxima Última