Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Junto de Deus
Matilde Diesel Borille

Na noite de escuridão cegante,
não sinta você, anjo da minha alma,
vontade de se sentar nos degraus
da escadaria dos sobreviventes.
Somente andar, andar, andar...
devagar, de maneira bonita.
Chegando à porta de fuga,
com metade da calma que Jesus
era capaz de transmitir ao se despedir,
acene, minha saudade...
para os outros fugitivos
e deseje-lhes paz e luz.
Em seguida, resoluto, vai-te,
o rosto avante,
tendo a luz do dia por encalço.
No meio da fúria da vida,
não tema os pássaros dementes.
Porventura não enche Deus,
o espaço entre o céu e a terra?
Nunca entre na selva sozinho,
se entrares, busque encontrar
umas frestas de luz para conversar,
uns cipós de fogo para matar a sede,
um pequeno riachinho,
uns peixinhos para comer,
um braço longo de rio,
pois normalmente lá
há algum ser humano.
Não dê espaço para o vazio
dentro de você.
Não faça da solidão tua religião.
Abrace as lembranças queridas,
e esse novo santuário
que estás a se tornar.
Não entre na sala de escape,
lá não sente,
não autorize que loucas fantasias
adentrem sua mente,
não se permita jogar com a vida
vendo cabeças voar.
Não entre lá,
anjo da minha alma.
Não entre lá.
Só se for para rezar.
Orações nos fazem acreditar,
que se respirarmos Deus a todo instante,
de manhã,
a sombra vai diminuindo.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 234


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Um pouquinho além Matilde Diesel Borille
Poesias À beira da lareira Matilde Diesel Borille
Poesias Amanhã Matilde Diesel Borille
Poesias Junto de Deus Matilde Diesel Borille
Poesias Migalhas de doçura Matilde Diesel Borille
Poesias Inevitável Matilde Diesel Borille
Poesias Se Matilde Diesel Borille
Poesias O beijo Matilde Diesel Borille
Poesias Toque divino Matilde Diesel Borille
Poesias Ao som de cantilenas Matilde Diesel Borille

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 63.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 32756 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 32370 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 32003 Visitas
eu sei quem sou - 31880 Visitas
camaro amarelo - 31813 Visitas
sei quem sou? - 31745 Visitas
MENINA - 31659 Visitas
viramundo vai a frança - 31627 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 31609 Visitas
A menina e o desenho - 31561 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última