Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Caridade
ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA

Caindo no pertencer à dor,
Assumo do vente materno,
Rindo o amor que completo,
Inda ao amor que semeia,
Dedica o amor que se veria,
Ao coração que manteiga derrete,
Dedica ser o teu ser amor,
Enlace o seu matrimônio.


Biografia:
Sou um poeta que procura o alento na escrita, o qual busca a sabedoria nas palavras, perdão no ser e caridade no trato com o próximo. Ser escritor é realizar tudo que tenho de bom para mostrar para cada leitor meu. A fortaleza de alegrias que me concedem em Deus me torna um poeta de paz, amor e alegrias profundas no amor de nosso senhor Jesus. O amor que gera este escritor avança como o rouxinol e caça como a águia devota de seu alimento, como ela anseia se alimentar eu me dedico a ser e ter o dom de escrever. O movimento que eleva a minha alegria vem no fato de escrever com dinâmica e vontade geradas nesse amor pela escrita. Ao amor a escrita me moldou e eu moldo o meu ser no ósculo da poesia.
Número de vezes que este texto foi lido: 213


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Real ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Morara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Demorara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Cara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Amara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Emanara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Emanara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Rara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Arara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA
Poesias Chácara ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última

Publicações de número 11 até 20 de um total de 1930.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Vivo com.. - 34299 Visitas
eu sei quem sou - 33185 Visitas
camaro amarelo - 33129 Visitas
CÉREBRO HUMANO - Tércio Sthal 33110 Visitas
sei quem sou? - 32996 Visitas
MENINA - 32948 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 32878 Visitas
A menina e o desenho - 32859 Visitas
O que e um poema Sinetrico? - 32846 Visitas
viramundo vai a frança - 32811 Visitas

Páginas: Primeira Anterior Próxima Última