Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
O CÃO E O CAMALEÃO
Saulo Piva Romero

     
HÁ MUITOS ANOS ATRÁS UM CÃO E UM CAMALEÃO SE TORNARAM GRANDES AMIGOS DEPOIS, QUE ALGO INESPERADO E MUITO TRISTE ACONTECEU. O CÃO ERA CHAMADO DE BOBI EO CAMALEÃO ERA CHAMADO DE FREDERICO. BOBI E FREDERICO VIVIAM NA CIDADE DE VIGO QUE FICA NA ESPANHA.ELES MORAVAM EM UM ABRIGO PARA ANIMAIS ABANDONADOS PELOS DONOS. A AMIZADE ENTRE O CÃO E O CAMALEÃO ERA MUITO BONITA DE SE VER PORQUE OS DOIS NÃO SE LARGAVAM POR NADA NESSE MUNDO. A DUPLA ERA MESMO UM EXEMPLO DE COMPANHEIRISMO E FIDELIDADE. ELES ESTAVAM SEMPRE JUNTOS E UNIDOS NOS MOMENTOS DE ALEGRIA OU DE TRISTEZA. BOBI E FREDERICO ERAM UMA ESPÉCIE DE SUPER HERÓIS PARA OS OUTROS ANIMAIS DO ABRIGO, POIS, QUANDO ALGUÉM OU ALGO AMEAÇAVA OS ANIMAIS QUE LÁ MORAVAM, A DUPLA DINÂMICA ENTRAVA EM AÇÃO PARA DEFENDER OS SEUS AMIGOS MAIS FRACOS, DOENTES OU QUE JÁ ESTAVAM BEM VELHINHOS EXPULSANDO OS QUE JUDIAVAM DELES DAQUELE ABRIGO ONDE REINAVA O AMOR E A SOLIDARIEDADE. MAS, A PAZ E A TRANQUILIDADE DAQUELE ABENÇOADO ABRIGO FOI MUITO AFETADA PORQUE UM TERRÍVEL INCÊNDIO COM CHAMAS DE TRINTA METROS DE ALTURA QUE ENGOLIRAM TODA A ESTRUTURA, PAREDES E TELHADOS DO PEQUENINO E ACONCHEGANTE ABRIGO ONDE FICAVAM OS ANIMAIS SEM DONOS. NESSE DIA FAZIA UM CALOR DE VERÃO COM TEMPERATURA MUITO ALTA. QUANDO FREDERICO, O CAMALEÃO, PERCEBEU AS PRIMEIRAS LABAREDAS DE FOGO RAPIDAMENTE MUDOU DE CO PARA TENTAR SE PROTEGER DO CALOR SUFOCANTE E DAS PROVÁVEIS QUEIMADURAS QUE VIRIA A SOFRER NA TENTATIVA DE SALVAR OS SEUS AMIGOS DE LONGA DATA. BOBI, O CÃO QUE ESTAVA TIRANDO SEU COSTUMEIRO COCHILO MATINAL, FOI ACORDADO COM MUITOS GRITOS E PEDIDOS DE SOCORRO E MAIS QUE DEPRESSA SE JUNTOU AO CAMALEÃO NA TENTATIVA DE SALVAR A VIDA E AMENIZAR O SOFRIMENTO E O DESESPERO DE SEUS AMIGOS GATOS, COELHOS, PATOS E TARTARUGAS QUE ESTAVAM SENDO ATINGIDOS PELAS CHAMAS FUMEGANTES. O CÃO E O CAMALEÃO CORRIAM DE UM LADO E DO OUTRO NA TENTATIVA DE RESGATAR ALGUNS ANIMAIS QUE AINDA ESTIVESSE COM VIDA. O CÃO E O CAMALEÃO, OS AMIGOS INSEPARÁVEIS ESTAVAM MAIS UMA VEZ, UNIDOS E COM ESPÍRITO CORAJOSO COMEÇARAM A PERCORRER INCANSAVELMENTE, O CENÁRIO FUMEGANTE, AINDA FERVENDO SOB AS CINZAS DURANTE DOIS DIAS, PRATICANDO UMA ATIVIDADE QUE PARA MUITOS MORADORES DA REGIÃO PARECIA UM TANTO ESTRANHA, MAS, QUE DE, ESTRANHA NÃO TINHA NADA. BOBI E FREDERICO NESSES DOIS DIAS , DEPOIS DO INCÊNDIO QUE INFELIZMENTE DESTRUIU O ABRIGO QUE SERVIU DE MORADIA DURANTE MUITOS ANOS AOS ANIMAIS ABANDONADOS A PRÓPRIA SORTE PELOS SEUS DONOS, ESTIVERAM RECOLHENDO OS SEUS QUERIDOS AMIGUINHOS,QUE ACABARAM DESAPARECENDO ATINGIDOS PELO FOGO E COM MUITA DOR E MISERICÓRDIA DELES NAQUELE DIA TÃO TRISTONHO PARA TODOS QUE FAZIAM PARTE DO ABRIGO INCENDIADO, ESTAVAM GUARDANDO SEUS PEQUENINOS CORPOS NUM TEMPLO VIZINHO AO ABRIGO. NUM GESTO DE CARINHO E RESPEITO AOS SEUS QUERIDOS AMIGOS QUE HAVIAM PARTIDO RUMO AO CÉU. ELES NÃO ESTAVAM PRATICANDO ESSE GESTO TÃO NOBRE PARA FICAREM FAMOSOS OU PARA RECEBEREM ALGO EM TROCA, MAS, SIM PORQUE TODO O TERRENO ONDE FICAVA O ACONCHEGANTE ABRIGO ESTAVA ARDENDO E AQUELE TERRENO QUE FICAVA LADO A LADO JUNTO AO TEMPLO TINHA FICADO INTEIRO POR UM MILARE REALIZADO POR DEUS NAQUELE ABENÇOADO LUGAR. BOBI, O CÃO GENEROSO E DE CORAÇÃO BOM E SEU INSEPARÁVEL AMIGO FREDERICO, O CAMALEÃO QUE MUITAS VEZES, MUDAVA A SUA COR DE PELE PARA SOBREVIVER PROCURAVAM TERRA E NÃO AS CINZAS PARA QUE OS PEQUENOS CORPOS DE SEUS AMIGUINHOS FOSSEM ENTERADOS COM RESPEITO E DIGNIDADE. BOBI E FREDERICO, DEPOIS DESSE ATO DE BRAVURA E AMOR AO PRÓXIMO VIVERAM POR MUITOS ANOS, POIS, DEUS, DEU MUITAS BENÇÃOS AO CÃO E AO CAMALEÃO, POIS, OS DOIS AMIGOS NÃO DESCANSARAM UM SÓ DIA, ENQUANTO, NÃO VIRAM O ABRIGO TOTALMENTE RECONSTRUÍDO E HABITADO NOVAMENTE. BOBI E FREDERICO PROVARAM QUE COM FÉ, ESPERANÇA E DETERMINAÇÃO QUE QUANDO ESTAMOS UNIDOS PODEMOS FAZER UM MUNDO BEM MELHOR, UM MUNDO DE VITÓRIAS MESMO QUE SEJA DESTRUÍDO PELA GUERRA,, UM LUGAR ONDE A VERDADE SEMPRE REINARÁ, UMA TERRA ONDE AS PESSOAS NÃO DEEM UM MAU EXEMPLO PARA AS CRIANÇAS, UM MUNDO, ONDE A FÉ SEJA SEMPRE FORTALECIDA, UM LUGAR ONDE O MEDO SEJA DOMINADO PELA CORAGEM E PRINCIPALMENTE SEJA UM MUNDO OS SONHOS NUNCA MORRAM E QUE SAIBAMOS QUE NESSE MUNDO É PRECISO PRIMEIRO SERMOS DERROTADO PARA QUE NO FUTURO SEJAMOS VENCEDORES.
BOBI, O CÃO E FREDERICO, O CAMALEÃO, PRIMEIRO EXPERIMENTARAM A DOR DA PERDA COM O DESAPARECIMENTO DE SEUS AMIGOS COM O INCÊNDIO NO ABRIGO PARA DEPOIS SENTIREM O SABOR DA VITÓRIA PRESENCIANDO O MILAGRE QUE DEUS HAVIA FEITO DEIXANDO AQUELA TERRA FIRME MESMO DEPOIS DE SER TOTALMENTE INCENDIADO. O CÃO E O CAMALEÃO FORAM MERECEDORES DA MISERICÓRDIA DE DEUS, PROVA DISSO, É QUE COM FÉ E CORAGEM DERAM TUDO DE SI PARA REERGUER O ABRIGO ABENÇOADO QUE DEUS HAVIA DADO PARA ELES QUANDO FORAM ABANDONADOS PELOS DONOS E LANÇADOS A TODOS OS TIPOS DE TEMPESTADES. O CÃO E O CAMALEÃO SEMPRE SEGUIRAM OS MANDAMENTOS DE DEUS. ASSIM, O SENHOR DO CÉU E DA TERRA NA SUA INFINITA SABEDORIA, PRESENTEOU OS DOIS INSEPARAVEIS AMIGOS COM UM CANTINHO MUITO ESPECIAL NO CÉU. O CÃO E O CAMALEÃO JÁ ESTAVAM BEM VELHINHOS QUANDO SUBIRAM AO CÉU DEPOIS DE TEREM CONQUISTADO MERECIDAMENTE UMA VIDA LONGA E ABENÇOADA POR DEUS, POIS, DURANTE A VIDA INTEIRA, ELES SÓ PRATICARAM O BEM E O AMOR AO PRÓXIMO SEM ESPERAR RECOMPENSAS.


Biografia:
Saulo Piva Romero, professor de Língua Portuguesa e Poeta, 46 anos. Nasceu em São Paulo no dia 9 de março de 1972. Começou a escrever poesias aos 18 anos. É formado em Letras pelas Faculdades Associadas do Ipiranga com Licenciatura Plena em Língua Portuguesa, Inglesa e Literatura.Em 2000 publicou seu primeiro livro Vida, amor e esperança.
Número de vezes que este texto foi lido: 29082


Outros títulos do mesmo autor

Contos A CABANA NO DESERTO Saulo Piva Romero
Contos FLORA, O FOGO E A CHUVA Saulo Piva Romero
Contos OS PINCÉIS DA HELENICE Saulo Piva Romero
Contos PROCURA-SE UMA BERINJELA Saulo Piva Romero
Contos AS PALAVRAS NA PAREDE Saulo Piva Romero
Contos A TARTARUGA E SUA LINDA FILHA Saulo Piva Romero
Contos O GATO DA FLORESTA DE SHERWOOD Saulo Piva Romero
Contos O POÇO DE JEREMIAS Saulo Piva Romero
Contos A SEREIA E O PESCADOR Saulo Piva Romero
Contos O URSINHO ABANDONADO Saulo Piva Romero

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 237.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 66851 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55367 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 43860 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 43613 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43482 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 41157 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41036 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 40374 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39517 Visitas
Lamento - FERNANDO 39411 Visitas

Páginas: Próxima Última