Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Mormente
Gladyston costa

Mormente

Amor
entorpece a mente.
O corpo treme,
seca a boca.

A razão perdida
mente
ao cegar a vista.
Os lábios perdidos
confessam.

Resiste à paixão,
a razão.

Mas em
amor sem esmeros,
mormente !
O coração assume.

Lateja o corpo,
o sangue jorra.
A caverna enche,
esvai a mente

E se de tudo
resta o suspiro,
não há dor,
Só o amor.

Gladyston Costa


Biografia:
-
Número de vezes que este texto foi lido: 28651


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Quase Lua Gladyston costa
Poesias A curruira e o dente de leão Gladyston costa
Poesias O galo e a cidade Gladyston costa
Romance ''Desejo" Gladyston costa
Poesias Uma vida só Gladyston costa
Poesias Novamente o outono Gladyston costa
Poesias Olhos de Vapor Gladyston costa
Crônicas Nós Gladyston costa
Poesias Solstício Gladyston costa
Poesias Taxonomia do choro Gladyston costa

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 25.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 62804 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53956 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42920 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 40107 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39985 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 37855 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 37035 Visitas
Amores! - 35081 Visitas
Desabafo - 34621 Visitas
Faça alguém feliz - 33027 Visitas

Páginas: Próxima Última