Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
A Vida é uma Parada
José Ernesto Kappel

Quando dois pensam a decisão é de um.

O amor não paga taxas.Mas sempre tem alguém cobrando.

Quando uma gota de água límpida cai na caixa d água do povo vira esgoto

O pior do tombo é a vergonha.

Há mais homens olhando do que fazendo.

Há mais corrupção em prosseguimento do que rezas em andamento.

Todo vidro tem seu dia de trincar.

Há juízes, há juízes e juizes e mais juízes.Na confusão a gente não sabe quem está roubando e colocam toda culpa no Nicolau.

Todo escandâlo tem seu dia de calmaria.

Você pensa, ele pensa, todo mundo diz que pensa.Logo, o homem só pensa porque os outros pensam.

Há alguma coisa sublime em andamento e construtivo no meu espírito. Só espero que não seja o barulho da construção da obra ao lado de minha casa.

Às vezes escolha a escuridão.É mais sensato.

A rosa mais esplendorosa é a primeira a ser colhida.

Há alguma vida inteligente na terra. Mas que há mais gente burra e ignorante isto há.

A amargura da primavera vai te rejubilar com sua brisa. - Disse o poeta antes de se jogar debaixo do trem.

Um amor às escuras não envolve risco nenhum.O perigo fica com o fósforo.

Digo que sei e o que não sei e quando sei ainda duvido.

O torno e a serra são tarados pela frágil madeira.

A dubiedade é o princípio de todas as coisas.

Toda mulher carente compra demais.

Quem dá beleza aos vidros são mãos de rudeza.

A porta aberta chama atenção de todo mundo.

Os vizinhos sabem guardar bem nossas coisas emprestadas.

O poder do pensamento é tão forte que algumas pessoas ficam bestificadas.

O princípio da coisa está dentro dela.

As pedras estão em constante movimento.Dizem.

Quem dar esplendor as coisas é seu espírito.Quem trata de escurecê-lo é alguma mulher.

A medida das boas ações não estão à venda nas Bolsas de Valores.

Faça um favor a si mesmo: evite caminhar ao contrário da multidão: ou você passa por diferente ou um é homem completamente perdido.

As paredes compactas não tem ouvidos, mas as fechaduras tem.

É bêbado que a gente compreende melhor o mundo dos outros.

Quando a jornada termina acaba alguma coisa dentro do homem.

O difícil é ter consciência de sua inconsciência.

No labirinto das paixões quem entra por última já encontra as trilhas destruídas.

A abelha faz o mel para alguma coisa, menos para o homem.

Meu dois telefones não tocam sem parar.

O da direta sempre está de olho na da esquerda. O do meio fica numa situação embaraçosa.

Aquela mulher era tão elétrica que foi presa por tentativa de carbonizar os homens.

Na hora do sal é que a gente dá valor ao açúcar.

Entenda que a vez chega uma vez só.Se você perder este bonde,é sinal que você deixou de ganhar alguma coisa.

Não deixo em branco aquilo que posso preencher com meu vazio.

São terrenas as pessoas que estão buzindo atrás de nós.

Tenho grande dificuldade em fazer uma linha reta sentado no colo de uma mulher.

Deixe seu espírito esvoaçar sobre as imensidões . Mas não o deixe fugir.

Ser criança é um estado predatório.

Ser grávida é um estado interessante.

Desconfie de quem toma chá em copo de uísque.

Ninguém é corrupto para sempre.Um dia aparece um corrupto mais inteligente que o corrupta.

Duvide da privacidade dos outros. Entre nela.

Me aborreço com as coisas fáceis e mais ainda com as difíceis.

Há frutas que tem necessariamente de ser comidas.

Nas prisões mais se serra do que se reza.

Nunca desconfie das coisas baratas.Compre-as.

A principal função do homem está sempre abotoada.

Número de vezes que este texto foi lido: 28688


Outros títulos do mesmo autor

Cartas Carta Desprovida José Ernesto Kappel
Frases Ocasos de Ontem José Ernesto Kappel
Humor Complicação em Família José Ernesto Kappel
Corporativo Duendes José Ernesto Kappel
Frases Divagando José Ernesto Kappel
Cordel Hora de Trocar a Roupa José Ernesto Kappel
Poesias Os 7 trabalhos de Maria (3) José Ernesto Kappel
Frases Arca Perdida José Ernesto Kappel
Frases Anexos Sem Teto José Ernesto Kappel
Poesias Mulher Sumida José Ernesto Kappel

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 411.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2019
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 58801 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 53309 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 42453 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 39502 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 36119 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 35586 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 34346 Visitas
Amores! - 33886 Visitas
Desabafo - 33489 Visitas
Faça alguém feliz - 32071 Visitas

Páginas: Próxima Última