Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Paredes
Gladyston costa

O Costa & Silva se estende elevado cortando o centro velho ao meio, de um lado e do outro lado janelas espremidas entre paredes perfiladas que encurtam o horizonte. Nas sacadas, quase nada, pessoas quase nunca, às vezes alguma roupa pendurada, janelas fechadas e vasos sem flores. Na avenida carros passam e passam, largam para trás apenas o ruído, apenas a fumaça, os olhares indiferentes e apressados dos que passam.Elementos compondo uma coisa uniforme, um corpo único e monótono.Não há curvas ou sinuosidade, o espaço é espremido e esticado em uma incólume linha reta. Lá embaixo sob as sombras do C & S, em meio à tétrica paisagem, olhares perdidos de esperança.Ocultos em meio à sombra rostos perdidos no tempo são um ponto cego na paisagem. Rostos sem dono, rostos sem pessoas, pessoas sem pessoas. A noite é fria como a paisagem, não há calor, não há sentimento, há apenas o estático movimento dos carros que passam lá em cima e embaixo.Paredes e janelas, paredes que aprisionam e segregam, janelas que mesmo abertas estão fechadas. Gente? ou mobília velha descartada, guardados no porão são corpos (cansados) ocultos dos que passam. O chão frio como leito, manchetes nos jornais e notícias como abrigo. Solidão infinita e indisfarçável e frascos com a água ardente, um antídoto. Olhares vagos e sem horizonte, à noite sob o viaduto dormir sem adormecer.

Gladyston Costa


Biografia:
Número de vezes que este texto foi lido: 81


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Flor de Arueira Gladyston costa
Poesias Paredes Gladyston costa
Poesias Acidez e Mariposas Gladyston costa
Poesias Nós Gladyston costa
Poesias Olhos de Vapor Gladyston costa
Poesias "Reluzente " Gladyston costa


Publicações de número 1 até 6 de um total de 6.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2018
 
  Textos mais lidos
A Dama e o Valete - Talita Vasconcelos 184909 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 160332 Visitas
Era uma casa grande - helena Maria Rabello Lyra 160068 Visitas
E assim foi a nossa história... - Nandoww 130134 Visitas
ENTENDA DE UMA VEZ POR TODAS O HINO NACIONAL - Fabbio Cortez 113392 Visitas
Transgressão do Dever - helena Maria Rabello Lyra 75447 Visitas
Esse mês de Julho... - Nandoww 69359 Visitas
Carta a um amor impossível - Carla (Fada) 63444 Visitas
Fazendo amor - Milena Marques 59560 Visitas
Há uma urgência do amor.. - Sabrina Dos Santos 55179 Visitas

Páginas: Próxima Última