Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
“Você só dá aula ou também trabalha?”
O trabalho do professor
Helio Valim

Resumo:
A valorização do profissional de educação e a percepção da sua importância nos dias atuais!

Quantas vezes já ouvi a pergunta: “Você só dá aula ou também trabalha?” Normalmente, no meio acadêmico da educação superior, a indagação surge sem que o questionador perceba tudo o que ela representa. Parece que “dar aula” é uma atividade menor, onde não basta a dedicação à vida acadêmica, sendo necessário que o docente comprove sua capacidade, exercendo alguma outra atividade profissional.

Anos empenhados na formação acadêmica, passando pela graduação, pela formação stricto-sensu, pela dedicação à pesquisa, buscando a publicação de artigos em revistas indexadas, a participação em congressos, entre outras atividades que exigem do docente tempo e esforço e que são cobradas como requisitos, pelas instituições de ensino superior, para "ranqueamento" desses profissionais em “planos de cargos e salários” que não remuneram adequadamente a atividade exercida. No fim o profissional é apenas mais um número. Não importa a experiência ou a formação.

De forma geral o trabalho extraclasse ou o “trabalho em casa”, que envolve a elaboração da avaliação dos alunos, a preparação das aulas, a atualização acadêmica etc., não é identificado como atividade docente, logo, não é percebido como carga de trabalho profissional, portanto, não é remunerado de forma adequada.

Apesar da precarização do ensino e da atividade docente, o respeito à relação professor-aluno motiva o educador. Segundo Freire (2019): “Esta atividade exige que sua preparação, sua capacitação, sua formação se tornem processos permanentes. Sua experiência docente, se bem percebida e bem vivida, vai deixando claro que ela requer uma formação permanente do ensinante”. Creio que a questão foi respondida!

Freire, Paulo. Carta de Paulo Freire aos professores, Estudos Avançados, 2001, (Carta extraída do livro Professora sim, tia não. Cartas a quem ousa ensinar, Editora Olho D’Água, 10ª ed., p. 27-38, 1993), Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ea/v15n42/v15n42a13.pdf. Acessado em outubro/2019.


Biografia:
Possuo mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Sou mestre em Engenharia, pós-graduado em Metodologia do Ensino Superior e graduado em Engenharia Civil e Arquitetura.
Número de vezes que este texto foi lido: 33763


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Seu cheiro de tangerina Helio Valim
Poesias Flor seca Helio Valim
Contos Amor inacabado Helio Valim
Contos As queimadas e os seres da floresta Helio Valim
Contos Quadrilha: Uma releitura de Drummond Helio Valim
Poesias Pungente Helio Valim
Artigos “Você só dá aula ou também trabalha?” Helio Valim
Poesias Devaneio Helio Valim
Poesias Quebrada Helio Valim
Poesias Apenas miragem Helio Valim

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 24.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
viramundo vai a frança - 34354 Visitas
O Trenzinho - Carlos Vagner de Camargo 34282 Visitas
LÍRIO - Alexsandre Soares de Lima 34263 Visitas
A PRAIA DO PROGRESSO - Rosângela Barbosa de Souza 34255 Visitas
Na caminhada do amor e da caridade - Rosângela Barbosa de Souza 34251 Visitas
Como posso desenvolver uma campanha de marketing - Antonio 34246 Visitas
A TRISTEZA E O SIM DA VIDA - Alexsandre Soares de Lima 34244 Visitas
Guerra suja - Roberto Queiroz 34240 Visitas
A Carta Gelada - José Rony de Andrade Alves 34228 Visitas
Pensamento 21 - Luca Schneersohn 34218 Visitas

Páginas: Próxima Última