Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
“Você só dá aula ou também trabalha?”
O trabalho do professor
Helio Valim

Resumo:
A valorização do profissional de educação e a percepção da sua importância nos dias atuais!

Quantas vezes já ouvi a pergunta: “Você só dá aula ou também trabalha?” Normalmente, no meio acadêmico da educação superior, a indagação surge sem que o questionador perceba tudo o que ela representa. Parece que “dar aula” é uma atividade menor, onde não basta a dedicação à vida acadêmica, sendo necessário que o docente comprove sua capacidade, exercendo alguma outra atividade profissional.

Anos empenhados na formação acadêmica, passando pela graduação, pela formação stricto-sensu, pela dedicação à pesquisa, buscando a publicação de artigos em revistas indexadas, a participação em congressos, entre outras atividades que exigem do docente tempo e esforço e que são cobradas como requisitos, pelas instituições de ensino superior, para "ranqueamento" desses profissionais em “planos de cargos e salários” que não remuneram adequadamente a atividade exercida. No fim o profissional é apenas mais um número. Não importa a experiência ou a formação.

De forma geral o trabalho extraclasse ou o “trabalho em casa”, que envolve a elaboração da avaliação dos alunos, a preparação das aulas, a atualização acadêmica etc., não é identificado como atividade docente, logo, não é percebido como carga de trabalho profissional, portanto, não é remunerado de forma adequada.

Apesar da precarização do ensino e da atividade docente, o respeito à relação professor-aluno motiva o educador. Segundo Freire (2019): “Esta atividade exige que sua preparação, sua capacitação, sua formação se tornem processos permanentes. Sua experiência docente, se bem percebida e bem vivida, vai deixando claro que ela requer uma formação permanente do ensinante”. Creio que a questão foi respondida!

Freire, Paulo. Carta de Paulo Freire aos professores, Estudos Avançados, 2001, (Carta extraída do livro Professora sim, tia não. Cartas a quem ousa ensinar, Editora Olho D’Água, 10ª ed., p. 27-38, 1993), Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ea/v15n42/v15n42a13.pdf. Acessado em outubro/2019.


Biografia:
Possuo mais de 30 anos no magistério superior tendo lecionado em Instituições de Ensino no Rio de Janeiro. Sou mestre em Engenharia, pós-graduado em Metodologia do Ensino Superior e graduado em Engenharia Civil e Arquitetura.
Número de vezes que este texto foi lido: 52951


Outros títulos do mesmo autor

Frases Filigranas Helio Valim
Infantil A procura Helio Valim
Poesias Cortesã rejeitada Helio Valim
Contos Seu cheiro de tangerina Helio Valim
Poesias Flor seca Helio Valim
Contos Amor inacabado Helio Valim
Contos As queimadas e os seres da floresta Helio Valim
Contos Quadrilha: Uma releitura de Drummond Helio Valim
Poesias Pungente Helio Valim
Artigos “Você só dá aula ou também trabalha?” Helio Valim

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 27.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
JASMIM - evandro baptista de araujo 68971 Visitas
ANOITECIMENTOS - Edmir Carvalho 57894 Visitas
Contraportada de la novela Obscuro sueño de Jesús - udonge 56714 Visitas
Camden: O Avivamento Que Mudou O Movimento Evangélico - Eliel dos santos silva 55790 Visitas
URBE - Darwin Ferraretto 55039 Visitas
Entrevista com Larissa Gomes – autora de Cidadolls - Caliel Alves dos Santos 54936 Visitas
Sobrenatural: A Vida de William Branham - Owen Jorgensen 54838 Visitas
Caçando demónios por aí - Caliel Alves dos Santos 54812 Visitas
ENCONTRO DE ALMAS GENTIS - Eliana da Silva 54723 Visitas
O TEMPO QUE MOVE A ALMA - Leonardo de Souza Dutra 54711 Visitas

Páginas: Próxima Última