Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
TOLERÂNCIA RELIGIOSA
Derlânio Alves de Sousa

Tolerância Religiosa

Não me importa que seu santo seja
São Pedro, são João ou são José
Santo Antônio, São Miguel ou então São Tomé
E entre outros tantos
Portanto, meu Santo é,
Jesus de Nazaré

Não me importa que sua santa seja
Conceição, Fátima, Sant’Ana ou Maria
Santa Helena, Aparecida, ou irmã Dulce,
“Anjo Bom da Bahia”,
Entre outras com seus santos mantos,
As quais você tem fé.
Mas, portanto, meu santo é,
Jesus de Nazaré!

Não me importa que sua religião seja
Cristã, judaica islâmica, pagã,
Ou outra qualquer que seja
Não me importa que profeta é o seu,
Isaias, Jeremias, Daniel, Ezequiel
Ou então Maomé.
Eu digo e repito, portanto, meu Santo é,
Jesus de Nazaré!

Não me importa que sua igreja seja
Católica, evangélica com suas denominações.
Só sei que não creio em certas pregações
Mas eu afirmo que em Deus eu tenho fé.
Pode ser pra você um motivo de muito espanto,
Digo, portanto, meu santo é,
Jesus de Nazaré.

Não me importa que escrituras as quais você acredita
Alcorão, Torá, Vedas ou a Bíblia Sagrada Cristã
Sei que a palavra de Deus, salva nossas vidas,
Desde que tenhamos fé
A minha bíblia é: o Antigo e o Novo Testamento
Portanto, para o meu advento
Meu santo é Jesus de Nazaré.


Não me importa que você seja crente, incrédulo, ateu
Cada um sabe até onde vai sua fé
Eu tenho meu santo e você tem o seu, né?
Portanto, meu santo é, Jesus de Nazaré.

Quando a tempestade veio e o barco quis afundar
Foi somente Ele que o mar obedeceu
Todos que estavam a bordo puseram a duvidar
Ele disse: Homens de pouca fé!
Portanto, meu Santo é, Jesus de Nazaré!

Quando lhes perguntaram:
E afinal quem você é?
“Eu sou o caminho, a verdade e a vida.
Ninguém vai ao pai senão por mim.”
E sendo sim, saiu andando a pé
Portanto, meu Santo é, Jesus de Nazaré.

Na hora da dor não teve outro Senhor
Que foste cuspido, blasfemado,
Morto e crucificado.
E que no terceiro dia ressuscitou
Que deu sua própria vida por todos nós
Que nos mostrou de fato quem Ele é
Portanto, meu Santo é, Jesus de Nazaré.

Em Jesus, eu não duvido
Como fez Tomé
Mas posso ser também, um homem de pouca fé!
Mas a tua palavra, eu dou ouvido.
Santo, santo é seu nome
Aos céus tem subido
Portanto, irmã, irmão. Mantenhamos nossa fé!
Que sejamos por Ele ungidos, protegidos com seu santo manto.
Por fim e, portanto, meu santo é Jesus de Nazaré!


                                             Autor: Derlânio Alves


Biografia:
Derlânio Alves de Sousa, nascido em 04/01/1976 no município de Aiuaba CE, filho de agricultores, Eneas Alves e D. Santa, é professor de Língua Portuguesa, tem pós-graduação em Língua Portuguesa e Literatura brasileira.
Número de vezes que este texto foi lido: 54725


Outros títulos do mesmo autor

Poesias DIREITO DE NASCER Derlânio Alves de Sousa
Poesias Petrobrás Derlânio Alves de Sousa
Poesias Às Vezes e Sempre na Vida Derlânio Alves de Sousa
Poesias Apocalipse Derlânio Alves de Sousa
Poesias Apelos Derlânio Alves de Sousa
Poesias Agradecimentos Derlânio Alves de Sousa
Poesias A Fotografia Derlânio Alves de Sousa
Poesias Lenda do Paraíso Derlânio Alves de Sousa

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 61 até 68 de um total de 68.


escrita@komedi.com.br © 2024
 
  Textos mais lidos
O Desafio do Brincar na Atualidade - Daiane schmitt 17 Visitas

Páginas: Primeira Anterior