Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Meu Deus em Poesia
(Parte 1)
Bia Nahas

Resumo:
Essa parte é o começo, o básico, falo aqui de Deus... Mas, o MEU sentido da vida é mais amplo. Precisaria fazer a parte 2 que certamente vai ser mais difícil. Por isso, pode ser que acabe demorando um pouco para sair.

Na minha primeira aula de espiritismo,
O evangelizador, um professor formado em jornalismo,
falou sobre o Deus dele num interessante raciocínio
Que me fez naturalmente vê-lo como um auxílio.

Lembro de cada palavra
De tanto que estava concentrada.
Decidi registrar num texto da época e nesse mais atual poema
para a eternidade a minha reflexão pessoal a esse dilema.

Esse raciocínio dele
Iniciou meu olhar a Ele
e agora, mais velha, esse raciocínio se estendeu de Deus
pelos estudos, experiências e raciocínios meus.

Como o universo começou?
Quem isso provocou?
De algo tudo se iniciou?
Ou será que o acaso tudo isso gerou?

Se o acaso teve uma iniciativa, tomou uma decisão,
o acaso inteligente deixa de ser um acaso e passa a então,
deixar aflorar uma inteligência de natureza própria
Ainda sendo ela uma grande incógnita.

A energia latente se mostra cinética quando essa inteligência
se irradia pelo universo graças a vontade de uma singular essência
Que não se iguala ao Espírito nem ao homem
Nem a nada criado que a gente tenha dado um nome.

Pelo livre-arbítrio, muitos homens não conseguem acreditar
Algo que tenha um alcance maior a se considerar.
Dentre eles, há quem não consegue se reconhecer e se definir
Como Espíritos, pois nos coloca ao lado de quem nos fez ferir...

Agora, convido a pensarmos em nós mesmos
e no que foi importante para vivermos nesse momento.
Nossas famílias precisaram existir, reproduzir, se conhecerem ,
trabalhar entre eles, se manterem e conviverem...

Para cada família poder viver,
Foi preciso a humanidade acontecer
E toda uma série de acontecimentos
Para que de fato pudéssemos estar vivendo:

Para a humanidade existir,
Precisou que qualquer planeta pudesse surgir
Com condições físicas necessárias ao nosso corpo
Em que, pela reprodução, foi possível nascer o primeiro povo.

No planeta Terra, a Lua, o sistema solar e fenômenos da natureza
Também são essenciais para a nossa existência.
Se não fosse o universo, a natureza, a fauna e a flora,
Não seria possível estarmos encarnados no nosso planeta agora.

Para o planeta existir, o universo deve dar condições também
Para que seja possível esse bem acontecer com ajuda do além
Que ajuda na manipulação do fluido cósmico universal,
Que é o instrumento de Deus de criação mais material.

Deus cria indiretamente, pois não é material nem espiritual.
Ele precisa de uma ferramenta fluídica cósmica com potencial
Para agir e criar com ajuda dos Espíritos puros
Que conseguem manipular esses fluídos.

A diferença da gente e do difunto é o fluido cósmico individualizado
Que se chama princípio vital propiciando um corpo animalizado
Podendo, num corpo encarnado, se mover
E, como numa árvore que apresenta também, crescer.

Atração, no Mineral.
Sensibilidade, no vegetal.
Instinto, no animal.
Razão, no hominal.

Em 3 Reinos, ocorre um processo de maturação
Em que o princípio espiritual consegue sua evolução
E se torna um Espírito capaz de se conectar
Num corpo do reino Hominal em que vai se manifestar.

Por tanto, além da história da sociedade, a formação de um Espírito
Também é essencial para um indivíduo
Como eu viver encarnada em sociedade
E estar agora respirando na realidade.

Seguindo esse raciocínio, segundo a razão,
podemos chegar numa questão:
Se há tantas causas para uma consequência,
para a minha existência, qual seria a causa primeira?

Qual é a causa primária do universo?
Vamos responder o “x” que não tem como do “y” surgir
Se não deixa de ser a primeira causa e passa a ser a segunda
Não podendo ter sido reproduzido, pois não é matéria; é uma natureza única!

O nome do “x” pode ser um qualquer:
Seja Deus, Alá, o que quiser.
Mas é algo que não temos total conhecimento
Então que aceitemos esse sentimento.

Mas se for pararmos para pensar, basta o entendermos
Como a causa primária de tudo o que percebemos
Porque o "x" explica a vida inteligente
Por uma causa assim também perspicaz racionalmente.

Mesmo que não se exista
uma cultura teísta,
Ele seria criado com outro nome porque é o “x” inteligente
Que corresponde ao número "um" instintivamente.

Conseguimos descobrir,
se nos esforçarmos em refletir,
diversas causas científicas para várias visíveis consequências
até encontrarmos e nos barrarmos com o "x", a causa primeira...

Logo, Deus é a causa primária inteligente
suprema de tudo e todos presentes
e que tem um inusitado senso de justiça.
Por isso, há quem não o entende e se irrita.

Como uma pessoa passa por “v” e outra por “z”?
Como Deus é justo se comigo aconteceu “c”?
O Espírito encarna na materialidade
Para viver experiências no contato com a realidade.

Passando por experiências e assimilando aprendizados,
O Espírito encarnado terá um olhar ampliado
Comparado a como era no passado já que se vê diferente,
Pois num ciclo interminável, teria outras atitudes no presente.

Nossos erros vão ser compreendidos
Num tempo pessoal dos Espíritos
Que ao reencarnarem, terão novas oportunidades
De entender algo para deixar a consciência em maior tranquilidade.

Para a evolução e transformação,
É preciso considerar uma verdade
O que faz com que tanta gente fique na oposição
Já que a verdade é relativa cada um tendo uma opinião.

Quando estamos diante de uma injustiça,
Seja animal ou em outro planeta, pode-se resultar em agonia
Como quando escravizamos ou torturamos,
Sentimos uma verdade que universalizamos:

O amor, a justiça e a igualdade
São valores da universalidade
Porque todos querem e merecem
E por isso, todos uma verdade percebem.

Quando não recebemos o perdão
Ou quando não o damos de coração,
Podemos perceber um incômodo
Que pode se tornar um assombro.

Esse assombro deixa a consciência pesada.
Por isso, a importância de ser repensada
E entendermos que é natural o erro
Quando estamos aprendendo.

As necessidades são universais
Gerando as leis naturais
Porque organizam o universo desde o início
E por isso, são divinas por estarem desde o princípio.

Deus é justo e bom por oferecer oportunidade
E não negar a individualidade nem liberdade
Como um pai que não impede o erro
Para que o filho perceba por si mesmo.

Assim, com merecimento, entende e pratica
E assim, evoluir, transmitir e amar possibilita
Garantindo menos tendência ao sofrimento
Já que vai aos poucos compreendendo.

Deus é bom porque aceita o tempo
Que cada necessitar a si mesmo
Podendo ter sempre uma chance de recomeçar
Quando chegar a hora de reencarnar.

A reencarnação regenera o coração
Disposto a ver o que pode progredir em cada provação
Já que sabe que seu Espírito é um aprendiz
E por isso, pode ter algum momento infeliz.

A morte não é o fim definitivo;
É o fim de uma encarnação do Espírito,
Mas o Espírito como o nosso pensamento
Nunca perecerá mesmo após o falecimento.

A desmaterialização
Pode modificar a visão
Do Espírito que se permite pensar
Em querer se acalmar e se elevar.

Com a consciência mais tranquila
E a realidade menos sofrida,
Olhamos a dificuldade de um modo diferente
De quem a sua importância entende.

Mas embora exista uma verdade
Por questão de universal necessidade,
Os homens vão aprendendo na humildade
A partir da convivência numa relativa verdade.

Cada ser tem um olhar para o mundo
E ao se trocar essa visão, o move de modo profundo
Pensando em atitudes e agindo por pensamentos
A partir do que consideram ser melhor nos acontecimentos.

Não podemos afirmar como verdade absoluta que o outro é errado
Porque não somos capazes de ser juízes de quem está do nosso lado.
Cada um pode ter uma verdade relativa ou opinião
Que pode mudar, mas que se autentifica um coração.

A partir de reconhecer a individual liberdade,
Nós marcamos nossa realidade
E entre erros e acertos, convivemos
Em busca de cada vez ressignificar o que vivemos.

Pela convivência, as trocas de visões
São essenciais para que os corações
Cada vez mais se percebam num lugar de aprendizado
Já que Deus mais compreendido esteja mais aproximado.

Em suma, Deus é a causa primária de tudo e todos,
Inteligente suprema que é justo e bondoso
Que nos dá oportunidades de reencarnar
E por nenhum erro irá eternamente nos condenar…

O meu sentido da vida
Está em estar agradecida
Com tudo que foi importante para ocorrer
Para que a gente pudesse hoje viver…

Depois de encontrar o meu deus
e de ter o prazer de o registrar em versos meus,
Só gostaria de agradecer ao meu professor
porque me ajudou a em mim encontrar a Deus o meu amor.

Minha relação com Deus procura
ser leve de gratidão e não de revolta dura
porque seria como um pai ter raiva do filho
já que ainda não entende-se bem de algo o sentido.

Meu louvor a Deus é por agradecer sua iniciativa
de criar tudo e todos para que eu pudesse ver e celebrar a minha vida
respirando, andando, conversando, dançando e amando
enquanto vou tentando, me superando e continuando...

Se cair, eu não desistirei
porque sempre trabalharei
para ajudar a harmonia do universo
com o amor em cada ato, pensamento e verso...





Biografia:
Oi, gente! Sou a Bia. Tenho 22 anos. Moro em São Paulo capital. Estou fazendo faculdade de psicologia. Cada poema é muito especial e único, pois expresso alguma inquietação social ou pessoal. Faço encomendas de poesias. Quem quiser me conhecer, será um prazer. Mande um e-mail que eu respondo. Email para contato: nahasbeatriz@gmail.com Meu blog pessoal de poesias: www.rumoaminhamente.blogspot.com.br Twitter: @Bia__Nahas
Número de vezes que este texto foi lido: 420


Outros títulos do mesmo autor

Poesias No Tengo Más (espanhol, português e inglês) Bia Nahas
Poesias Ilusão Estúpida Bia Nahas
Poesias Doida por Você Bia Nahas
Poesias Verme Enfermo Bia Nahas
Poesias Uma Palavra Secreta Bia Nahas
Poesias Barco à Deriva Bia Nahas
Poesias Ao Som do Tango Bia Nahas
Poesias Quarto Escuro Bia Nahas
Poesias Invisível Fantasma Bia Nahas
Contos Sara Punida Bia Nahas

Páginas: Próxima Última

Publicações de número 1 até 10 de um total de 344.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
The crow - The Wiki World - The Crow 68334 Visitas
A Arte De Se Apaixonar - André Henrique Silva 55694 Visitas
PÃO E CIRCO - Tércio Sthal 44375 Visitas
Minha namorada - Jose Andrade de Souza 44111 Visitas
Reencontro - Jose Andrade de Souza 43739 Visitas
Amor e Perdão - Amilton Maciel Monteiro 42063 Visitas
IHV (IAHU) e ISV (IASHUA) - Gileno Correia dos Santos 41928 Visitas
haicai - rodrigo ribeiro 41338 Visitas
OS ANIMAIS E A SABEDORIA POPULAR - Orlando Batista dos Santos 41245 Visitas
TOMO TUDO - sigmar montemor 39748 Visitas

Páginas: Próxima Última