Login
E-mail
Senha
|Esqueceu a senha?|

  Editora


www.komedi.com.br
tel.:(19)3234.4864
 
  Texto selecionado
Elos infinitos
Matilde Diesel Borille

É noite,
sob meus pés tudo é terra.
"Terra de trigo e cevada,
e de vinhas e figueiras, e romeiras;
terra de oliveiras, de azeite e mel."
Sete mil flores me abraçam.
Veja-me.
À luz do candelabro puro e suas lâmpadas,
lembro o lírio, doce e um pouco mais suave.
Sim. Eu tenho cheiro de flor, meu amor,
e posso viver num jardim,
que fica com o portão aberto quando sonho capturar a apreensão de um instante.
Fixo os olhos nas alturas do céu majestoso,
onde uma estrela se contrai,
e mais e mais se contrai,
e vai-se embora tão ligeira.
Pra onde?
Longe, bem longe,
espalhando cinzas no meio estelar.
Por ela um anjo irá chorar
e com o coral irá cantar.
Você, eu sei, no silêncio que está
irá confiar na eternidade,
fechar os olhos e imaginar
que ela te seguirá eternamente,
eu, repleta de comoção,
ainda que cansada,
haverei de velejar macio
no charmoso barco velho até o alto mar,
para só para ela, jogar pétalas de rosas.


Biografia:

Este texto é administrado por: MATILDE DIESEL BORILLE
Número de vezes que este texto foi lido: 228


Outros títulos do mesmo autor

Poesias Notas de coração de flor Matilde Diesel Borille
Poesias Enigma transcendente Matilde Diesel Borille
Poesias Absolutamente em amor Matilde Diesel Borille
Poesias Mulher em flores azuis Matilde Diesel Borille
Infantil O que há lá fora vovô? Matilde Diesel Borille
Poesias Fios de sóis Matilde Diesel Borille
Infantil Sentimento de criança Matilde Diesel Borille
Poesias Além do verde dourado Matilde Diesel Borille

Páginas: Primeira Anterior

Publicações de número 61 até 68 de um total de 68.

  Envie este texto por e-mail
Digite seu nome:
Digite seu endereço de e-mail:
Digite o nome do destinatário do e-mail:
Digite o endereço de e-mail do destinatário:

escrita@komedi.com.br © 2020
 
  Textos mais lidos
Sorrir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 3 Visitas
Medir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 3 Visitas
Imergir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Agredir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Surgir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Urgir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Rir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Mentir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Sentir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas
Unir - ANDERSON CARMONA DOMINGUES DE OLIVEIRA 2 Visitas

Páginas: Primeira Anterior